Base do governo Marão "mata CEI do transporte no peito" || Imagem Youtube/Reprodução
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores extinguiu, por 13 votos a 7, a Comissão Especial de Inquérito (CEI) do Transporte, que investigava o acordo por meio do qual a Prefeitura de Ilhéus aceitou pagar R$ 15 milhões às empresas Viametro e São Miguel, concessionárias do transporte público.

A sessão em que a base do governo Mário Alexandre matou a CEI do transporte no peito foi realizada de forma remota, nesta quarta-feira (2), e transmitida via internet.

Votaram pelo fim da investigação os vereadores Abraão Santos (PDT), Alzimário Belmonte – Gurita (PSD), Aldemir Almeida (PP), César Porto (PSB), Edérjunior dos Anjos (PSL), Nerival Reis (PSL), Sérgio do Amparo (Podemos), Nino Valverde (Podemos), Ivete Maria de Souza (DEM), Baiano do Amendoim (PSDB), Luciano Luna (PV), Ivo Evangelista (Republicanos) e Paulo Carqueija (PSD).

Votaram a favor da CEI os vereadores Augustão (PT), Cláudio Magalhães (PCdoB), Edvaldo Gomes (DEM), Enilda Mendonça (PT), Fabrício Nascimento (PSB), Tandick Resende (PTB) e Vinícius Alcântara (PV).

Com decisão da maioria parlamentar, a CEI chega ao fim antes mesmo de ouvir os representantes do governo municipal e das empresas envolvidas no acordo milionário. Atualizado.

4 respostas

  1. ILHÉUS DA BAGUNÇA, MAS O POVO É CONIVENTE, ILHEUS NUNCA VAI MELHORAR SE CONTINUAR ASSIM, ACORDA POVO ILHEENSE!!!!!.
    O POVO DE ILHÉUS SÓ PENSA EM SI PRÓPRIO!!!!!.

  2. Seus nomes estão aqui no mural os vereadores que votaram a favor das sujeiras dos ônibus velhos da propina na próxima eleição o povo vai lembra de vocês podem ter certeza aproveitem bem as estadias enquanto podem suas mamatas vão acabar traíras.

  3. O joguinho armado pelo vereador Gurita, que é evangélico, só serviu pro povo de Ilhéus, saber com quem está lidando. Parabéns aos 7 vereadores, que disseram não aos corruptos, ressaltando o trabalho de vereador Claudio Magalhães, pela postura frente a relatoria daquela CEI.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.