Procedimento pode ser feito via internet ou de forma presencial
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Superintendência de Previdência da Bahia (Suprev) anunciou nesta quarta-feira (9) o bloqueio de 1.740 aposentadorias e pensões por falta de prova de vida dos beneficiários. O número corresponde às pessoas que deveriam ter feito o procedimento ao longo de janeiro passado, mas perderam o prazo. A medida já trava o pagamento previsto para 30 de março.

No total, conforme a Suprev, 11.797 beneficiários deveriam se submeter à prova de vida até 31 de janeiro. No entanto, apenas 7.738 compareceram no prazo, que foi prorrogado ao longo de fevereiro. Após a prorrogação, 2.319 cidadãos fizeram o procedimento.

O cronograma da prova de vida segue o mês de aniversário do aposentado ou do ex-servidor falecido que gerou a pensão previdenciária. Na próxima terça-feira (15), termina a prorrogação do prazo dado os convocados em fevereiro. Dos 10.868 convocados no último mês, 3.040 ainda estão com pendência, informa a Suprev. O procedimento também já está disponível para as pessoas que devem atualizar a prova em março.

FORMAS DE ACESSO À PROVA DE VIDA

De acordo com a Suprev, as diversas modalidades de atendimento garantem comodidade e segurança aos beneficiários. Para se submeter ao procedimento por vídeoatendimento ou presencialmente nos postos da Rede SAC, é necessário agendamento prévio por meio do SAC Digital ou no call center da Suprev/SAC pelos telefones 0800 071 5353 (para telefone fixo) e (071) 4020-5353 (para fixo e celular).

Já para realizar a prova de vida digital, o beneficiário precisa baixar o aplicativo e fazer sua conta no GOV.BR. No YouTube da Saeb, os usuários encontram vídeo com o passo a passo completo para executar o procedimento.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.