Tempo de leitura: < 1 minuto

Os vereadores de Itabuna aprovaram mudança regimental que antecipa a eleição da Mesa Diretora da Câmara de novembro para abril do segundo biênio de cada legislatura. Aprovada na última sessão, a mudança vale já neste ano. A tendência é de que o presidente da Casa hoje, Erasmo Ávila (PSD), seja candidato único para o comando da Casa por mais um mandato (janeiro de 2023 a dezembro de 2024).

A antecipação foi aprovada por unanimidade dos vereadores presentes. Da sessão, apenas não participaram os vereadores Dando Leone (PDT) e Nem Bahia (PP). Com a antecipação do pleito, os seis membros do órgão máximo do Legislativo itabunense terão que ser definidos em sessão especial até o último dia útil de abril (a data anterior era 30 de novembro). O presidente, os dois vices e os três secretários eleitos (ou reeleitos) serão empossados no primeiro dia útil de janeiro do ano subsequente.

O Plenário também acatou emendas ao projeto modificativo da data da eleição. Uma delas, apresentada por Ronaldão (PL), determina que o presidente da Câmara em exercício divulgue edital com a data e as normas da eleição. Já Wilma (PCdoB) emendou o texto para estabelecer que, no ato de registro de candidatura, os postulantes à Mesa apresentem proposta de gestão, inclusive sobre a estrutura administrativa da Casa.

Findado o processo eleitoral na Câmara, a Mesa do primeiro biênio nomeará uma comissão de transição, formada por vereadores e servidores, para auxiliar o presidente eleito ou reeleito com informações das proposituras em tramitação (especialmente as orçamentárias) e dos relatórios contábeis, financeiros e patrimoniais.

Uma resposta

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.