Orquestra Afro chega à maioridade
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Orquestra Afro Gongombira de Percussão chegou à maioridade, e o aniversário de 18 anos do grupo será comemorado neste domingo (19), a partir das 16h, com show no Espaço Cultural Dilazenze, na Conquista, em Ilhéus. O DJ Múcio Caló também se apresentará no evento. O ingresso custa R$ 10,00. O músico Marinho Rodrigues, fundador da orquestra, convida a população a marcar presença na festa. Assista.

Prefeito (de amarelo) puxa fita de inauguração do Centro de Canoagem
Tempo de leitura: 2 minutos

Nesta sexta-feira (17), o prefeito Antônio Damasceno, Tonho de Anízio (PT), entregou à população o Centro de Canoagem construído pela Prefeitura de Itacaré em Taboquinhas. Feita com recursos do próprio município, a obra teve apoio da Associação de Canoagem de Itacaré. Além dos moradores do distrito, o equipamento vai atender jovens de toda a zona rural.

O novo equipamento complementa os investimentos do poder público no esporte, pois a cidade já havia ganhado o Centro de Canoagem de Itacaré, construído pelo Governo da Bahia.

Além disso, segundo Tonho de Anízio, o governo estadual já investiu mais de R$ 50 milhões em Itacaré, nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, segurança pública e esportes. Recentemente, a Secretaria de Trabalho, Renda, Emprego e Esporte da Bahia (Setre) anunciou a construção do Centro de Treinamento de Surf, orçado em R$ 583 mil, na Praia da Tiririca.

“NÃO PODEMOS PERDER JOVENS PARA O CRIME”

Tonho de Anízio discursa na inauguração do Centro de Canoagem

“Precisamos investir em nossos jovens. Nós estamos em uma luta contínua para garantir a educação para os nossos jovens, pois não podemos perdê-los para o mundo do crime, mas, para isso, a batalha é árdua e não podemos nos cansar. Este centro de canoagem é mais um dos diversos investimentos que temos feito, a exemplo do Projeto Promusic”, acrescentou o prefeito.

Também participaram da inauguração o vice-prefeito Genilson Souza; o presidente da Associação de Canoagem de Itacaré, Rodrigo Ferreira; os vereadores Givaldo, Renilson, Roberto, Djone e Diego; atletas do município; o secretário de Esporte Mulher e Juventude, Marcelo Barros; e o assessor da deputada federal Alice Portugal (PCdoB), Lourival Júnior.

Geraldo Azevedo é atração confirmada do Viva Ilhéus 488 anos
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Ilhéus divulgou, nesta sexta-feira (17), a programação oficial do Viva Ilhéus 488 anos, que será realizado de 25 a 28 de junho, na Avenida Soares Lopes. Confira.

Dia 25 de junho (sábado)

– A Tarraxada;

– Calango Aceso;

– Kleo Dibah;

– Donas do Bar;

– Top Gan

Dia 26 de junho (domingo)

– Hugo & Guilherme;

– Caninana;

– Vilões do Forró;

– Zefa di Zeca;

– Bete Nascimento;

– Raneychas

Dia 27 de junho (segunda-feira)

– Wesley Safadão;

– Maiara & Maraisa;

– Canários do Reino;

– Caviar com Rapadura;

– Sivirina Xique Xique

Dia 28 de junho (terça-feira)

– Geraldo Azevedo;

– Harmonia do Samba;

– Thiago Aquino;

– Thullio Milionário;

– Trio da Huanna;

– Neto LX

Presidente da Alba critica gestão do governo Bolsonaro na Petrobras
Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Adolfo Menezes (PSD), criticou a tentativa do presidente Jair Bolsonaro (PL) de transferir a responsabilidade pelos preços elevados dos combustíveis no Brasil. Neste sábado (18), gasolina e diesel passaram a ser vendidos mais caros nas refinarias da Petrobras, estatal da União (veja aqui).

“O preço dos combustíveis continua disparando porque está atrelado ao dólar. Não adianta baixar o ICMS, afetando a arrecadação de estados e municípios, porque o problema é do governo federal e a política de preços da Petrobras. O ICMS e os governadores não têm nada a ver com a escalada do preço dos derivados do petróleo”, declarou Adolfo.

Para o deputado, o governo Bolsonaro provoca o povo brasileiro. “Dolarizar o preço do diesel e da gasolina significa botar mais dinheiro no cartel dos combustíveis e massacrar ainda mais a nossa população, principalmente a mais pobre: um alface plantado na horta precisa do diesel ou da gasolina pra chegar na feira, na cidade. É um absurdo o que está acontecendo no Brasil”, concluiu.