Rui Costa durante evento da Unigel || Foto Rafael Martins/GovBA
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Estado da Bahia, representado pelo governador Rui Costa e secretários, participou, na manhã desta terça-feira (26), do lançamento da pedra fundamental da Fábrica de Hidrogênio Verde da Unigel, no Polo Petroquímico, em Camaçari. O hidrogênio verde é uma fonte de alta densidade energética e de carbono nulo, produzido a partir de fontes renováveis, como a energia eólica e a solar. Com investimento inicial de US$ 120 milhões, a planta deve entrar em operação até o final de 2023 e promete ser uma das maiores em operação do mundo.

Quando estiver em funcionamento, a planta do combustível vai gerar 500 empregos. A primeira fase do projeto prevê uma capacidade de produção de 10 mil toneladas por ano de hidrogênio verde. Esse volume deve ser convertido em 60 mil toneladas de amônia verde, substância que poderá ser usada como matéria-prima para a produção de fertilizantes e acrílicos, ou vendida diretamente a clientes que buscam reduzir a emissão de gás carbônico nas operações.

A Bahia foi escolhida para a instalação da planta, pois a unidade da Unigel em Camaçari já possui toda a estrutura para converter hidrogênio verde em amônia verde, e por ser um estado líder em produção de energia renovável. O lançamento do projeto responde ao Plano Estadual para Economia de Hidrogênio Verde na Bahia, lançado pelo Estado da Bahia em abril de 2022, colocando o estado baiano na vanguarda dos investimentos que permitirão a substituição de combustíveis fósseis por energias renováveis no país.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.