Jerônimo discursa em ato com a presença de Lula, em março passado
Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato do PT a governador, Jerônimo Rodrigues, declarou que o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (UB), seu adversário no pleito deste ano, é a encarnação do antilulismo na Bahia.

Ele [ACM Neto] é o anti-Lula na Bahia. O ex-prefeito não gosta do Lula, ameaçou dar uma surra. Agora, há dois meses, ele afirmou que Lula era uma muleta. Não se trata adversário dessa maneira”, criticou o petista, nesta quinta-feira (4), em Salvador.

Segundo Jerônimo, ACM Neto afirma que se mantém neutro em relação à corrida presidencial para não se indispor com os eleitores do ex-presidente Lula no estado. “Lula sabe que a Bahia vem em uma trajetória do campo dele, do PT, da esquerda. Não cola o ex-prefeito querer pegar carona, porque o DNA dele é outro, o DNA dele é de laboratório, não é de gente, de povo, ele não sabe cuidar de gente”, emendou.

O petista relembrou que, no segundo turno da eleição presidencial de 2018, ACM Neto apoiou o então candidato Jair Bolsonaro contra o postulante do PT, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

Ainda conforme Jerônino, hoje, os principais cargos do governo federal na Bahia são indicados por lideranças ligadas a ACM Neto, o que é negado pelo pré-candidato a governador pelo União Brasil.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.