Tempo de leitura: < 1 minuto

O local do ato em defesa da democracia e de eleições livres, em Itabuna, foi alterado. Ao invés da Praça Adami, como anunciado inicialmente, a manifestação desta quinta-feira (11) será na Praça Camacan, também no Centro, às 10h. A mudança foi informada ao PIMENTA pela coordenadora regional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Amanda Santos.

Ilhéus é outra cidade sul-baiana integrada ao movimento nacional em defesa de eleições livres. Na Princesinha do Sul, os manifestantes vão se concentrar em frente aos Correios, na Rua Marquês de Paranaguá, Centro, a partir das 11h.

Até o momento, a Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito, que será lida nas manifestações de amanhã (11), foi assinada por 842.920 pessoas e instituições. O documento está disponível no site Estado de Direito Sempre, onde também pode ser endossado.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.