Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quarta-feira (17), a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, de forma unânime, o fim da exigência do uso de máscara em aviões e aeroportos. No entanto, mesmo sem a obrigatoriedade, o uso do equipamento de proteção facial ainda é recomendado como maneira de diminuir o risco de transmissão da Covid-19.

As administrações dos aeroportos e as companhias aéreas continuam obrigadas a disponibilizar álcool em gel aos passageiros e a emitir avisos sonoros recomendando o uso de máscaras, especialmente por pessoas vulneráveis.

A Anvisa também manteve a exigência de procedimentos de limpeza e desinfecção contínuas; de sistemas de climatização; e do desembarque por fileiras.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.