A ialorixá Bernadete Souza é candidata a deputada estadual pelo Psol
Tempo de leitura: < 1 minuto

A notícia da candidatura da ialorixá Bernadete Souza (Psol) a deputada estadual abre matéria da Folha de S. Paulo sobre o recorde de candidaturas ligadas ao candomblé e à umbanda nas eleições de 2022. São 29 líderes dessas religiões na disputa, distribuídos em 14 estados do país.

Feito com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral, o levantamento considera apenas os candidatos e candidatas que usam nomes com referência às religiões de matriz africana na urna. Por isso, ainda que a marca de 29 candidaturas seja um recorde, ela não computa as lideranças religiosas que não fazem alusão ao nome de sacerdócio, caso da própria Bernadete.

Sergipana radicada em Ilhéus desde a infância, a mãe de santo explica que o combate à intolerância religiosa é apenas uma das frentes de sua militância política. “Sou ialorixá, mas também militante do movimento negro, mulher camponesa e assentada. A religião é mais um elemento da nossa cultura enquanto povos tradicionais”, disse ao jornal (confira a matéria na íntegra).

Ao PIMENTA, em entrevista recente, Bernadete Souza falou sobre outras bandeiras de sua campanha, a exemplo da luta contra a matança de jovens negros e do movimento pela emancipação das mulheres periféricas e camponesas (leia aqui).

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.