Xodó nacional, HB20 recebe críticas de colunista quanto a uma mudança no design...
Tempo de leitura: 2 minutos
Ícaro Mota é consultor automotivo

O Hyundai HB20 é um dos carros mais vendidos do Brasil. Em 2022, ocupa o 2º lugar da lista nacional, com 8.836 vendas, ficando atrás apenas da Fiat Strada, que registrou 9.908 vendas.

Somente no último dia útil de setembro deste ano, foram 2.601 unidades do HB20 comercializadas. Com esses números, é impossível não o apelidar de xodó nacional.

Com nova mudança em seu design, vamos focar na parte traseira desse veículo.

A sua lanterna traseira interligada – e eu diria que 10x mais bonita que a versão anterior – chama bastante atenção. Mas como dizem: “não existe um bom sem defeito”.

…que poderia integrar a seta em sua imensa lanterna || Fotos Divulgação

Com uma lanterna imensa, não seria possível integrar as setas nela?

As setas foram posicionadas na parte inferior do para-choque traseiro. Isso tem repercutido negativamente entre motoristas. E, realmente, é um “tiro no pé”, pois, numa situação de trânsito intenso, um motorista que esteja ligeiramente atrás de um HB20, tem grandes chances de não ver a sinalização “mostrada”. E, por isso, aumentam as possibilidades de uma colisão traseira.

Deixo aqui registrada a minha crítica, e espero que a Hyundai faça uma modificação o mais breve possível.

Ícaro Mota é consultor automotivo e diretor da I´CAR. A coluna é publicada às sextas-feiras.

Clique e confira mais no Instagram.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.