Ricardo Goulart em lance contra o CRB, neste domingo de acesso garantido || Foto Felipe Oliveira/ECBahia
Tempo de leitura: 2 minutos

Debaixo de forte chuva, o Bahia venceu o CRB, por 2 a 1, em Maceió (AL), nesta noite de domingo (6), e está de volta à Série A do Brasileirão, a divisão de elite do futebol brasileiro.

O time superou o “piscinão”  da equipe alagoana em partida válida pela última rodada da Série B do Brasileiro.

O gramado do estádio Rei Pelé não resistiu à chuva que caía fortemente na capital do estado vizinho, assim como o CRB não suportou a pressão baiana.

O  Bahia atacava desde o início do jogo. Até balançou a rede adversária, aos 22 minutos, com Ricardo Goulart, porém o gol foi anulado pela arbitragem, que viu impedimento.

Aos 25 minutos, o Tricolor de Aço passou à frente. Daniel pegou rebote, de fora da grande área, com um chutaço no lado esquerdo.

A alegria durou até o início do segundo tempo, quando Mateus Claus não segurou chute de Anselmo Ramon. O relógio marcava 5 minutos da etapa final.

As condições do campo somente pioravam com o avançar da chuva. O “piscinão” impedia o melhor do futebol, apesar das estocadas constantes do Bahia.

Água mole em pedra dura tanto bate até que… Sim. Ele, o gol, pintou. De pênalti.

Anselmo Ramon, que havia empatado a peleja para a equipe alagoana, cometeu pênalti em Vitor Jacaré em lance grotesco dentro da grande área. Entrou de carrinho, de perna levantada, em um campo encharcado.

A imprudência foi punida.

O argentino Lucas Mugni apresentou-se para a cobrança. Para alegria dos milhões que foram a Nação Tricolor, converteu.

Acesso garantido em Alagoas. Festa do Bahia, agora, e de novo, um time da elite. E com peixinho no “piscinão” em que se tornou o estádio Rei Pelé neste domingo.

O PELOTÃO DE ELITE

Além do Bahia, Cruzeiro, Grêmio e Vasco retornam à Série A do Brasileiro de Futebol. O Cruzeiro foi o campeão antecipado, com 78 pontos. O Grêmio finda a competição em segundo lugar, com 65 pontos. Bahia termina em terceiro lugar, com 62, igual número de pontos do Vasco, que teve menor saldo de gols.

Em dezembro de 2021, chuva atingiu milhares de empresas no sul e extremo-sul da Bahia || Foto Pimenta/Arquivo
Tempo de leitura: 2 minutos

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, fez um alerta contundente para a gravidade da situação climática global e pediu ação urgente para evitar o caos climático. Guterres fez o alerta em transmissão de vídeo na abertura da Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (COP27).

A cúpula reúne, até o dia 18 de novembro, em Sharm el-Sheikh, no Egito, representantes oficiais de governos e da sociedade civil para discutir maneiras de enfrentar e se adaptar às mudanças climáticas. Guterres citou o relatório, lançado pela Organização Meteorológica Mundial (WMO, na sigla em inglês), órgão ligado à ONU.

“O último relatório global é de caos climático crônico. Como a WMO mostrou claramente, mudanças em velocidade catastrófica vão devastar vidas em todos os continentes. Os últimos oito anos foram os mais quentes registrados, fazendo cada onda de calor mais intensa, especialmente para as populações vulneráveis. O nível do mar está subindo duas vezes a velocidade do que nos anos 1990, ameaçando países insulares e bilhões de pessoas nas faixas costeiras”, disse o secretário-geral das Nações Unidas.

Outro problema apontado pelo relatório e citado por Guterres é o derretimento de geleiras em todo o mundo, o que contribui para elevar ainda mais o nível do mar, ao mesmo tempo em que afeta o abastecimento de água doce de muitos países.

“Geleiras estão derretendo, ameaçando a segurança hídrica de continentes inteiros. Pessoas e comunidades devem ser protegidas da imediata e crescente emergência climática. Por isso, nós estamos pressionando tanto por um sistema universal de alerta dentro de cinco anos. Nós temos que responder aos sinais de sofrimento do planeta com ação, ambição e credibilidade. A COP27 é o lugar e o momento”, concluiu Guterres.

RELATÓRIO

O documento da WMO apresentado na abertura da COP27 traz alertas dramáticos sobre o aquecimento global e seus impactos sobre todo o planeta, o que afetará bilhões de pessoas.

“Os sinais e impactos das mudanças climáticas estão se tornando mais dramáticos. O ritmo de elevação do mar dobrou desde 1993. Subiu 10 milímetros desde janeiro de 2020 para um novo recorde este ano. Os últimos dois anos e meio contribuíram para 10% do total de elevação do mar desde quando se começou a medir por satélites, cerca de 30 anos atrás”, apontou o relatório.

A WMO também alertou para um aquecimento global atual acima dos níveis que existiam antes da era pré-industrial, no século 19, e considerou que uma nova onda de calor deve atingir o mundo em breve.

“A temperatura global em 2022 é atualmente estimada em cerca de 1,15 grau celsius (°C) acima do que havia de média pré-industrial em 1850-1900. A média para o período 2013-2022 é  estimada em 1,14°C acima do patamar pré-industrial. Isso se compara com o aumento de 1,09°C de 2011 a 2020, conforme estimado pelo sexto relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês)”, destacou o documento da WMO.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Seleção de Itajuípe decidirá em casa o título do Campeonato Intermunicipal de Futebol 2022, no próximo domingo (13). A equipe poderá ser campeã mesmo se empatar, por qualquer placar, após ter batido Quijingue, por 1 a 0, neste domingo (6), na casa adversária.

Quem assegurou a vantagem itajuipense foi o atacante Kaká, autor do gol de hoje em Quijingue. A equipe sul-baiana, vencedora da competição em 1987 e 2013, vai em busca do tricampeonato do Intermunicipal.

Na outra ponta, Quijingue terá que vencer longe de casa por dois ou mais gols de diferença para conquistar o primeiro título no tempo regulamentar. Se vencer por um gol de diferença, levará a decisão para os pênaltis.

Bahia tem a última chance de volta à elite|| Felipe Oliveira/EC BAHIA
Tempo de leitura: 2 minutos

O Bahia tem, neste domingo (6), mais uma chance de voltar para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro (Série A). O Tricolor de Aço enfrenta o CRB, no estádio Rei Pelé, em Alagoas, a partir das 18h30min, e só depende de si para retornar à elite do futebol nacional em 2023. Até um empate serve para que o sonho de milhões de baianos se torne realidade.

O Bahia só não conquistará o acesso à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro se sofrer derrota na partida de hoje, e Ituano e Sport vençam, com placares elásticos. O Tricolor vai para última rodada com 59 pontos, na terceira colocação, com 13 gols de saldo. Na quarta colocação, o Vasco também soma 59 pontos, com 11 gols de saldo.

O time de São Januário enfrenta o Ituano, que tem 57 pontos e nove gols de saldo. Assim como o Bahia, o time do interior paulista só depende de si para conquistar o acesso. O Ituano joga em casa, onde vem somando pontos importantes no segundo turno da Série B. A tarefa mais complicada é a do Sport, que tem 56 pontos e seis gols de saldo. O time de Pernambuco precisa vencer o Vila Nova, fora de casa, e torcer por uma combinação de resultados, além de tirar a diferença de gols.

Os jogos da última rodada da Série do Campeonato Brasileiro começam às 18h30, e são duas vagas em disputa, porque as outras duas foram conquistadas por Cruzeiro e Grêmio. Com 75 pontos, o time mineiro assegurou a vaga de forma antecipada a muitas rodadas do fim da competição. Com 65 pontos, o Grêmio concluiu, na última quinta-feira (3), a sua participação na Série B.

Desde o início da competição que o Bahia esteve entre os quatro primeiros colocados. Teve ainda a chance de conseguir a vaga para Série A com duas rodadas de antecipação, jogando na Fonte Nova, em Salvador, quando empatou em 1 a 1 contra Vila Nova e Guarani, respectivamente.

Mega-Sena acumula e sobe para R$ 65 milhões|| Tânia Rêgo/Agência Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nove apostadores na Bahia “bateram na trave” no concurso 2536 da Mega-Sena, sorteado na noite de sábado (5), no Espaço de Loterias da Caixa, em São Paulo. Entre as apostas que acertaram cinco números, nove foram feitas nos municípios baianos de Andorinha, Camaçari, Itagi, Juazeiro, Poções e Salvador. Cada sortudo ou sortuda receberá R$ 28.773,28. Os números sorteados foram: 09,22, 27, 30, 33 e 45.

Em todo o Brasil, houve 163 apostas com acerto de cinco números na Mega-Sena. Na quadra, foram 10.787 acertadores e cada um receberá R$ 621,12. Dentre os contemplados na quadra, estão moradores de Coaraci, Gandu, Ibicaraí, Ibicuí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré e Ubaitaba.

O próximo concurso da Mega-Sena será na quarta-feira (9). De acordo com a Caixa, serão sorteados R$ 65 milhões. A aposta simples custa R$ 4,50 e pode ser feita em qualquer lotérica.