Retorno do serviço depende da contratação de uma concessionária
Tempo de leitura: < 1 minuto

Entidades representativas do comércio de Itabuna reforçaram, nesta sexta-feira (11), a reivindicação para que o Centro da cidade volte a dispor de estacionamento rotativo, a chamada zona azul, desativada há dois anos.

“Só aumenta o número de veículos e o número de vagas permanece o mesmo. Então, precisa fazer com que esse estacionamento seja rotativo e só a zona azul pode disciplinar isso”, afirmou o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista (Sindicom), José Adauto.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Mauro Ribeiro, engrossou o coro. Segundo ele, além da população da própria cidade, moradores de municípios vizinhos trabalham e são consumidores de produtos e serviços de Itabuna, o que aumenta a demanda por vagas rotativas na região central.

“O Centro da cidade não comporta mais a quantidade de carros que existe atualmente. Nesse sentido, há uma necessidade urgente da Prefeitura de Itabuna definir a empresa que vai operar o estacionamento rotativo”, concluiu Mauro.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.