Arivan Magalhães foi morto a facadas por um vizinho
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem acusado de assassinar um vizinho, a golpes de faca, foi ouvido nesta segunda-feira (21) na Delegacia Territorial em Ilhéus. O crime foi registrado na noite de sábado (19), no bairro Nelson Costa, e teria ocorrido após uma discussão por causa do som alto na residência da vítima, identificada como Arivan Magalhães de Almeida, de 34 anos.

O acusado seria um servidor público aposentado, que se apresentou hoje e alegou legítima defesa. De acordo com a polícia, o acusado alegou que a confusão teria começado, após insistentes pedidos para que Arivan Magalhães baixasse o volume ou desligasse o som. A vítima deixou viúva e duas filhas pequenas.

Como se apresentou depois do flagrante e é réu primário, o suspeito pelo assassinato do jovem vai aguardar o andamento das investigações em liberdade. A polícia ouvirá testemunhas do crime ainda nesta semana.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.