Homem de azul teria sido autor dos disparos contra Michelle e Breno, segundo testemunha
Tempo de leitura: < 1 minuto

O homem acusado de atirar em Michelle Fontes Silveira, de 42 anos, e no filho dela, Breno Silveira Carvalho,  18 anos, compareceu, nesta quinta-feira (8), à Delegacia da Polícia Civil em Ilhéus para prestar depoimento. Acompanhado de um advogado, o homem teria confessado a dupla tentativa de homicídio e alegado legítima defesa.

O acusado de ser o autor dos disparos foi liberado pela polícia para responder ao inquérito em liberdade porque se apresentou fora do flagrante.  As investigações serão conduzidas pelo Helder Carvalhal. Não foi informado se o atirador tem registro da arma, que foi entregue à polícia e passará por perícia.

Michelle Fontes e Breno Silveira foram baleados na madrugada de terça-feira (6), em frente à casa onde moram, na  Rua Padre Luís Palmeira, no bairro Pontal,  em Ilhéus, após uma discussão. O desentendimento foi iniciado depois que o acusado fez xixi no muro do imóvel das vítimas.  Breno Silveira viu a cena e reclamou que a atitude não era certa.

O acusado e o jovem trocaram ofensas. O homem foi até um carro, pegou uma arma e disparou contra o rapaz. Michelle Fontes tentou evitar que mais disparos atingissem o filho e também foi baleada. Ela foi atingida no abdômen, na lombar e no punho, e o filho, no pescoço. Mãe e filho estão internados no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.