Tempo de leitura: 3 minutos

 

Ainda não compreendemos o potencial total da IA, mas já sabemos que o impacto em todos os setores é extremamente grande.

 

Andreyver Lima

Já não é novidade que as máquinas assumem uma variedade de papéis. Elas ajudam na agricultura, na produção de energia, no transporte e na comunicação. No entanto, a próxima fronteira da automação já está sendo usada para melhorar cada parte de nossas vidas agora.

Em 2023, a inteligência artificial (IA), se tornará ainda mais difundida, à medida que a cultura digital acelera. A inteligência artificial embutida em nossos dispositivos atuais, poderá substituir uma nova leva de profissionais humanos.

Mas essa não é a única maneira que essa tecnologia pode remodelar nossa relação com os computadores e a interação entre humanos, em um mundo cada vez mais digital.

MAS COMO ESSES EFEITOS PODEM SE MANIFESTAR NO MUNDO REAL?

A Inteligência Artificial se tornará a nova cultura digital, assim como um novo conjunto de ameaças. O surgimento de grandes dados criou uma oportunidade sem precedentes para a criatividade e inovação na era digital. Mas com a IA se tornando mais prevalecente, nossas responsabilidades também se tornaram mais complexas. Precisamos permanecer atentos com o uso desta ferramenta mais poderosa que a humanidade já criou, seja para a criatividade, o debate, a colaboração, mas também pelos potenciais riscos políticos por seu mau uso.

A ÚLTIMA FRONTEIRA DO DIGITAL

Da ascensão da cultura digital ao crescimento da realidade virtual, esta nova era está causando impacto em todos os setores. E com o aumento da inclusão digital em todo o mundo, os consumidores estão se tornando mais conscientes do uso da internet. Mas o que é exatamente a IA e como ela pode ser usada para o bem em nosso mundo atual?

Vivemos em uma era de inteligência e realidade virtual. Então devemos também estar conscientes deste impacto em nossa capacidade de compreender a tecnologia. Embora muitas tecnologias existam há muito tempo, há uma nova aceleração em seu uso que ameaça alterar o equilíbrio entre o digital e o tradicional.

Inteligência artificial é um termo amplo, que cobre uma variedade de diferentes tecnologias e soluções de software que visam tornar as pessoas mais cognitivas. Entretanto, a IA é agora usada em situações muito diferentes do que era há alguns anos atrás. Hoje, temos aplicativos de produção de imagens para redes sociais, mas também assistentes digitais usados para gerenciar grandes conjuntos de dados, como em programas de tráfego de veículos, numa busca constante de atualizar os algoritmos e melhorar a experiência do usuário.

O USO DA IA NA POLÍTICA BRASILEIRA

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, em sessão administrativa virtual, a criação da Assessoria de Inteligência Artificial em sua estrutura orgânica. A nova unidade, vinculada à Presidência, tem como principal objetivo desenvolver novas soluções em inteligência artificial, aplicadas à prestação jurisdicional da Corte.

A INTELIGÊNCIA NA INDÚSTRIA BRASILEIRA

As empresas estão acelerando o ritmo de seus investimentos nesta tecnologia, e há boas notícias à medida em que a demanda por uma tomada de decisão mais eficaz aumenta, em consequência, também cresce a concorrência.

O mercado brasileiro é o lar de algumas das mentes mais brilhantes do mundo, e é também o lar de uma indústria que tem crescido de forma constante nas últimas décadas. Muitas empresas melhoraram o atendimento ao cliente usando a mesma tecnologia.

O Brasil está entre as dez maiores economias da América Latina em termos de produção manufatureira. Possui uma das mais avançadas fábricas de metalurgia do mundo e o governo está alimentando uma nova era de robótica e pesquisa de inteligência artificial.

Com o 5G e a adoção da Internet das Coisas (IoT), além de grandes dados, acelerou o ritmo de mudanças para o setor tecnológico brasileiro. Há uma necessidade de transformar nossa indústria para o digital o mais rápido possível. Muito tem sido alcançado nos últimos anos, mas temos muito a fazer. Temos que aproveitar os benefícios da transformação digital.

OS PERIGOS DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

No entanto, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Devido ao seu uso crescente, a IA também é uma das principais ameaças na guerra moderna. Novos softwares e satélites sugerem que em breve veremos uma nova onda de uso da IA neste campo, o que pode levar a concepções errôneas num combate.

O que é real e ‘quem é quem’, no mundo virtual? Problemas como este começaram a aparecer. Em um estudo realizado no ano passado, foi possível observar que as IAs estão produzindo rostos humanos extremamente confiáveis, além da sua capacidade de editar fotos publicadas nas redes sociais, podendo deixar a pessoa em qualquer situação.

Por fim, ainda não compreendemos o potencial total da IA, mas já sabemos que o impacto em todos os setores é extremamente grande. Ao tempo em que extingue empregos, geram novas oportunidades e um novo mundo. Seja real ou virtual.

Andreyver Lima é jornalista com certificado de Comunicação na Era Digital (FGV) e do curso Política Cidadã: opinião pública, eleições, grupos de interesse e a mídia (Harvard).

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.