Tempo de leitura: < 1 minuto

Da coluna Tempo Presente (A Tarde)
Policiais da DTE detectaram: uma das músicas de maior sucesso no Carnaval baiano “Cadê Dalila?” virou uma espécie de hino para os usuários de drogas. Dalila virou sinônimo de cocaína, principalmente no refrão “Vai buscar Dalila, ligeiro, ligeiro”.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na capital baiana, o juiz Everaldo Cardoso de Amorim, da 8ª Vara da Fazenda Pública, atendeu pedido do Ministério Público e concedeu liminar que autoriza o trabalho dos agentes de combate à dengue em imóveis fechados. A partir desta segunda-feira (02), 1.233 propriedades nessa condição serão vistoriadas.
A liminar tem efeito semelhante ao de outra, concedida em Itabuna pela primeira vez no ano passado, depois de provocação do promotor público Márcio Fahel. A medida, que foi renovada no dia 19 de fevereiro, é ainda mais ampla, pois permite a entrada dos agentes em qualquer imóvel, mesmo quando haja oposição do proprietário ou responsável.
Se necessário, é previsto o recurso à força policial.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do site Última Instância:
Ser obrigado a usar um chapéu de burro, trabalhar nas festas de fim de semana como garçom, dançar na boca da garrafa e ganhar rabinho de burro. Este era o tratamento recebido por um empregado terceirizado do Banco Bradesco quando não atingia as metas de vendas dos produtos da empresa. Com base nesta prática, a Justiça do trabalho condenou o banco a indenizar o empregado por danos morais.
De acordo com informações do TST (Tribunal Superior do Trabalho), a ação começou na 4ª Vara do Trabalho de Goiânia (GO). O trabalhador provou que não era um corretor de seguros autônomo, como afirmava o Bradesco, e que havia vínculo de emprego, na condição de bancário, com a empresa.
Com a ajuda de testemunhas, ele também comprovou a existência de “jogos de motivação” promovidos pela chefia que ofendiam a dignidade dos profissionais. Nesta instância, o Bradesco foi condenado a pagar indenização de R$ 40 mil por dano moral.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nove municípios da região podem ficar sem merenda escolar porque os mandatos dos atuais conselheiros de alimentação escolar (CAE) estão vencidos. Os municípios têm até o próximo sábado (28) para fazer a prestação de contas do dinheiro utilizado do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNAE).
A relação dos municípios nessa situação é composta de Belmonte, Dário Meira, Ibicuí, Itabela, Itapé, Itapitanga, Potiraguá, São José da Vitória e Uruçuca. Eles devem realizar eleição para o CAE o mais rápido possível, pois somente novos dirigentes poderão fazer a prestação de contas dos recursos repassados para a merenda.
Os alunos não ficarão sem merenda. Elas serão repassadas diretamente às escolas enquanto a eleição não é realizada e a prestação de contas não é feita.
Confira a lista completa liberada pelo Ministério da Educação (clique aqui)

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na rodada em que o Itabuna foi humilhado em casa pelo Vitória de Nadson e Apodi (0x4), o Colo Colo viu uma luz no final do túnel. Era a luz da lanterna.
O time ilheense assumiu a última colocação do Campeonato Estadual ao perder para o Bahia, por 3×1, no estádio de Pituaçu. O Ipitanga deixou a lanterna para o Tigre ao vencer o Feirense por 2×0. Enquanto o Colo Colo caiu uma posição, o time tucano subiu do 12º para o 9º lugar.
Em situação mais cômoda, mas distante do G-4, o Itabuna perdeu uma posição com o chocolate rubro-negro, caindo de 5º para o 6º lugar. O lateral direito Apodi reinou no primeiro tempo. Uma avenida pela esquerda do Itabuna permitiu ao lateral direito abrir o placar aos 19min, num belo chute da entrada da grande área.
Cinco minutos depois, Apodi cruzou na cabeça de Nadson, que marcou. Neto Baiano aproveitou para fazer o seu e passar Neto Berola na artilharia, já no segundo tempo.
Nadson fechou a tampa do caixão com um lindo gol em que recebeu pela esquerda e, dentro da área, tirou de três defensores e tocou no canto do goleiro itabunense. Até a torcida itabunense aplaudiu…
Na próxima rodada, começa a sequência dos jogos de volta (returno). O Vitória recebe o Itabuna, no Barradão, e o Colo Colo joga em casa contra o Bahia. As partidas serão disputadas às 16h.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Encerrado o jogo no Itabunão, com o placar de 4 x 0 para o Vitória. Até esta rodada do Baianão, o Itabuna apresenta campanha irregular: foram quatro vitórias, três empates e quatro derrotas, com 18 gols marcados e 15 sofridos.
Em Salvador, terminou o jogo dos extremos. O líder Bahia derrotou o Colo Colo por 3 x 1 e empurrou o Tigre para a lanterna do campeonato.
Noite de cabeça inchada para os torcedores sulbaianos.

Tempo de leitura: < 1 minuto

De acordo com o coordenador das ações de combate à dengue da Prefeitura de Itabuna, Sandovaldo Carvalho Menezes, o município possui cerca de 10 mil imóveis abandonados. E nessas propriedades, é bastante comum existir focos de dengue.
Hoje, a Prefeitura fez uso da liminar judicial que autoriza a entrada dos agentes de combate à dengue em qualquer imóvel, independentemente de permissão. Os agentes se valeram do instrumento para ter acesso a um prédio abandonado na Rua Ruy Barbosa.
Denúncias de focos de dengue podem ser encaminhadas à Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone 3613-8508.
Nesta sexta-feira (27), haverá mutirão contra o Aedes aegypti no bairro Santo Antônio.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na disputa dos Netos (Berola e Baiano) pela artilharia do baianão, quem aparece mesmo é Apodi. Por enquanto, o Vitória dá um banho de futebol no estádio Luiz Viana Filho e vence o Itabuna pelo placar de 2 x 0.
Apodi está impossível. Além de ter feito um dos gols do rubronegro, ainda cruzou para o outro.
Em Salvador, o Bahia vai ganhando do Colo Colo por 1 x 0.

Tempo de leitura: 2 minutos

Exclusivo

Esteira de 2.500 metros transportará o minério até a embarcação.
Porto ficará a 2.500 metros da praia.

A Bahia Mineração desistiu de construir um mineroduto para transportar a produção de Caetité – onde está situada a jazida de ferro – para o porto off shore em Ilhéus. Em vez deste investimento, a empresa usará a ferrovia Oeste-Leste para escoar a produção.
A ferrovia integra o complexo intermodal Porto Sul e deverá estar pronta assim que a usina de beneficiamento entrar em atividade. O ferro chega beneficiado ao município.
A Bahia Mineração utilizará um espaço de 80 hectares para estocagem do minério, na zona norte de Ilhéus.
Dos 1.771 hectares desapropriados pelo governo baiano para a construção do complexo intermodal, 200 serão utilizados pela empresa de mineração.
Uma esteira rolante totalmente coberta e situada a 7 metros de altura, levará o minério até o navio. Na ponta da esteira, uma mangueira transportará o minério até o porão do navio. Na opinião de técnicos, essa opção evita a suspensão de pó, prejudicial à saúde.
De acordo com técnicos, a esteira terá extensão de 2.500 metros, saindo direto da área de estocagem para o navio. Ela será sustentada por colunas, e não pedras, para evitar alterações de corrente marítima.
Há mais de seis meses, técnicos monitoram as correntes marítimas. Segundo a empresa, estes estudos têm a permissão da Marinha. Os resultados vão auxiliar o projeto e serão cedidos gratuitamente à Capitania dos Portos.
A coordenadora de comunicação e desenvolvimento sustentável do projeto no sul da Bahia, Sabrina di Branco, disse que a Bahia Mineração investirá em qualificação profissional. “Assim, não haverá necessidade de trazer gente de fora”.
A empresa também qualificará profissionais da comunidade da áreas de serviço, “até mesmo para atender ao próprio projeto, como restaurantes, pousadas, padarias”…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Exclusivo
Os mais de dois mil casos notificados levaram o governo do estado a praticamente assumir o controle das ações de combate à dengue em Itabuna. O governador Jaques Wagner determinou ao secretário estadual de saúde, Jorge Solla, a utilização de todos os recursos possíveis para atender o município.
Hoje à tarde, Solla recebeu o deputado federal Roberto Brito (PP) e o secretário de saúde de Itabuna, Antônio Vieira, em audiência. Os três são médicos e discutiram saídas para o caos nos hospitais locais que vitima principalmente crianças.
Na audiência solicitada por Roberto Brito, Solla anunciou a liberação de um helicóptero para aplicação de inseticida contra o mosquito Aedes aegypti. A dengue hemorrágica, forma mais agressiva da doença, matou duas crianças e uma professora em Itabuna só neste ano. O número de casos notificados ultrapassa o registrado em todo o ano de 2008.

Carro-fumacê

Apesar da crise anunciada, o município demorou muito a reagir e até 10 dias atrás o secretário Antônio Vieira resistia a admitir que Itabuna vivia um quadro epidêmico de dengue. No dia 18, o prefeito Capitão Azevedo (DEM) decretou estado de emergência no município devido à dengue.
Além de liberação de um helicóptero, a Sesab garantiu seis carros para a aplicação do fumacê por via terrestre, sendo que um deles fica na reserva. O estado também liberou equipamentos para exames de diagnóstico e dinheiro para ações preventivas, de acordo com Antônio Vieira.
Mais informações em instantes.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do blog Boca Maldita
A crise mundial continua atingindo o setor industrial da Bahia. O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas informou que uma fábrica de eletrodomésticos no Pólo Petroquímico de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, vai fechar as portas.
Com a medida, cerca de 370 funcionários devem perder o emprego. Há dez dias os funcionários da área de produção da fábrica estão em férias coletivas. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos 1.500 trabalhadores do setor já perderam o emprego na Bahia desde o início da crise, no ano passado.