Tempo de leitura: < 1 minuto
Erivaldo Dedinho: do ménage a pancadaria.

Nem a seleção brasileira tem sido páreo para o assunto do momento em Uruçuca, município sul-baiano de pouco mais de 25 mil habitantes. Na semana passada, o presidente da Câmara de Vereadores de Uruçuca, Erivaldo Guimarães (PT), decidiu fazer um programinha diferente e se deslocou para Itabuna.

Por aqui, e longe dos olhares dos seus eleitores e munícipes, se fez acompanhar de duas belas mulheres, uma delas compromissada. Buscava um ménage à trois.

No meio da estrada, às margens da BR-101, deu uma paradinha em um motel, para agitar a noite. Depois das preliminares e do primeiro tempo, o vereador foi ao, digamos, vestiário.

Ao virar as costas, segundo relatou a amigos próximos, percebeu movimento estranho. Alguém tentava lhe bater a carteira, deixada sobre a mesa. O sangue subiu e ele mandou às favas o cavalheirismo. Acarinhou a parceira de ménage com tablefes.

As pancadas do valentão soaram na administração do motel, que chamou a polícia militar. Quando a guarnição chegou ao local, Eri já havia abandonado o “campo” de jogo, na velocidade da luz. A vítima, de prenome Roberta, agradeceu a presteza da polícia, mas não deu queixa contra o valentão. A noite de amor da autoridade virou caso de polícia. Para sorte dele, livrou-se de um belo flagrante.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O aumento no número de casos de dengue, neste ano, em Uruçuca e Medeiros Neto vem preocupando as autoridades de saúde. Em Uruçuca, que tem pouco mais de 23 mil moradores, cerca de 140 pessoas contraíram a doença desde janeiro.

Com população praticamente igual à de Uruçuca, Medeiros Neto já contabiliza mais de 130 casos de dengue clássica. O município é o que tem o maior número de mortes confirmadas no estado.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, duas pessoas não resistiram à dengue hemorrágica e morreram. Uma terceira morte ocorrida em Medeiros Neto ainda aguarda o resultado de exames laboratoriais.

Leia mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os moradores do vilarejo de São José, em Ilhéus, bloquearam a BA-262 por seis horas nesta segunda-feira, 3. Eles exisgem a construção de três salas de aula na localidade, esgotamento sanitário, abastecimento d´água e reconstrução de redutores de velocidade naquele trecho da rodovia estadual. A pista foi interditada às 5h e só liberada às 11h. É o segundo protesto neste estilo em menos de dois meses.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tida entre as cidades mais violentas do país para jovens de até 24 anos, Uruçuca parece reagir. Após milhares irem às ruas da cidade para cobrar paz, agora é a polícia que apresenta seu cartão de visitas à bandidagem. No caso específico, ao tráfico. Na sexta-feira passada, 30, seis pessoas foram presas pela polícia civil numa operação contra o tráfico de drogas.

Duas motocicletas, R$ 5 mil em dinheiro e 40 pedras de crack foram apreendidos na operação comandada pelo delegado Humberto Matos. A polícia utilizou serviços de escuta para chegar aos envolvidos com o tráfico de drogas e pistolagem.

As idades dos detidos na operação vão de 22 a 31 anos. Aline dos Santos Ribeiro, 24 anos; Jaqueline de Souza Muniz, 22, Júlio Cezar Alves do Santos, 28, Lucas da Silva Mesquita, 24, Márcio de Jesus Menezes, 31, e José Hécio de Jesus, 30.

A cidade registrou, há menos de duas semanas, duas mortes a poucos metros da delegacia da cidade. Um empresário comenta que, pelo menos dessa vez,  a polícia prendeu alguém. A maioria dos crimes cai no rol dos impunes. A esperança é de que a mudança de comando na polícia resulte numa ‘virada’.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A polícia ainda não tem pistas dos autores do assassinato de Manoel Santos Costa, encontrado morto em sua residência, no balneário de Serra Grande, município de Uruçuca, sul da Bahia. Manoel era seringueiro e foi acusado de abusar sexualmente de, pelo menos, cinco meninos na localidade onde morava.

Policiais da delegacia central em Ilhéus afirmam que exames não teriam comprovado os abusos dos quais Manoel foi acusado. Manoel ganhou a liberdade. O corpo apareceu com queimaduras e crivado de balas.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Moacyr Leite, presidente da Amurc.

Prefeitos que embarcaram na candidatura do prefeito Moacyr Leite (PP) à presidência da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) agora lamentam o leite derramado.

Falta de assistência, de visitas, de agenda própria da entidade e, claro, de cumprimento das promessas… A lista é grande!

Nos últimos meses, cresceu a insatisfação com o dirigente, que ganhou o apelido de comissário de bordo (sempre está na ponte Salvador-Brasília e/ou na Salvador-Ilhéus).

Um grupo de prefeitos já ensaia oposição declarada a Moacyr e construção de uma candidatura para dirigir a associação a partir do ano que vem.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Emarc-Uruçuca divulgou nesta segunda, 1º, a segunda chamada do exame de admissão 2010. São 59 aprovados nos cursos de agropecuária, alimentos, turismo e hotelaria e agrimensura. Todos devem efetivar matrícula na secretaria da escola até a próxima sexta, 5.

A lista completa está no site da Ceplac (www.ceplac.gov.br). Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (73) 3239-2121. A partir deste ano, as Emarcs serão assumidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um acidente ocorrido há menos de uma hora causou a morte de, pelo menos, três pessoas  no balneário de Serra Grande (Uruçuca), na BA-001. Um ônibus de uma empresa de turismo de Ilhéus colidiu contra uma caminhonete a dois quilômetros da sede do balneário, informa o repórter Costa Filho, da Rádio Jornal. O tráfego de veículos nesta rodovia aumentou consideravelmente após a inauguração da ponte ligando Itacaré a Camamu.

Às 12h45min – As vítimas do acidente eram de Maraú, no sul da Bahia. Humberto Pinto Assunção, Leanilzia Vivas Assunção e Gabriela Vivas Assunção, neta do casal, estavam na caminhonete Mitsubishi L-200, que rodou na pista e bateu em um micro-ônibus da NV Turismo.

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Em contato com o Pimenta, o prefeito de Uruçuca Moacyr Leite afirma que a situação da falta de segurança tem sido uma preocupação do seu governo. Ele resolveu procurar o blog, após a publicação da nota sobre o fechamento da agência dos Correios na cidade, que foi vítima de sucessivos assaltos.

Moacir assegura que tem procurado colaborar com a área de segurança, apesar de fazer a ressalva de que esta não é uma responsabilidade do município. “Tenho ajudado com o fornecimento de combustível, conserto de viaturas, alimentação de policiais e estrutura para abrigar a guarnição na cidade”, afirma.

O prefeito também esclarece que já fez diversas solicitações de aumento do efetivo à Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Enquanto o socorro não vem, ele pensa em soluções alternativas, como impedir o tráfego de veículos na rua onde ficam as agências dos Correios e dos bancos.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mentir à Justiça pode dar em encrenca das brabas. Isso, todo mundo sabe. Ou quase todo mundo. Adriano Souza Muniz era testemunha em processo eleitoral que investiga o vereador José Pedro Castro, o Zé Pedro (PMDB), de Uruçuca, no sul da Bahia.

Zé Pedro responde a processo por compra de votos na eleição do ano passado. Ele ficou foragido por vários dias, mas acabou reeleito. A Polícia Federal encontrou na casa do vereador, às vésperas da eleição do ano passado, 60 títulos eleitorais e uma lista de possíveis vítimas do esquema de compra de votos.

Adriano, o desavisado, estava no rol de testemunhas de acusação contra o vereador reeleito. Só que na sexta-feira, 25, diante do juiz eleitoral André Luiz Santos Brito, de Uruçuca, Adriano deu um depoimento tão cândido e tão favorável ao vereador reeleito que o magistrado não teve outra saída a não ser ordenar a prisão da testemunha.

A testemunha que virou ré ficou presa na Polícia Federal, em Ilhéus. E foi liberada hoje pela manhã.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carro ficou praticamente destruído na colisão (Foto Xilindró).
Carro ficou praticamente destruído na colisão (Foto Xilindró).

Um grave acidente ocorrido na noite de ontem, 12, no km 478 próximo ao entroncamento de Uruçuca, resultou na morte do pastor e ex-cabo da Polícia Militar Marcos Cardoso dos Santos, conhecido como “Marcos Galinha”. Além dele, saíram feridos Luiz Eduardo Menezes dos Santos, de 27 anos, e um menor com as iniciais R. S, de 15 anos, estes últimos de Ilhéus.Conforme as informações, Luiz Eduardo teria perdido o controle do carro e provocado a colisão.

Existe a suspeita de que Luiz Eduardo estivesse embriagado, porém, a polícia não confirma essa versão.Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) “Marcos Galinha” conduzia um veículo Fox, já os rapazes que saíram feridos estavam num carro Cross Fox de cor prata, com placas JPV 7225. A PRF também revelou que, o carro encontrado com os sobreviventes, tem restrições de roubo e é licenciado em Salvador.

Do www.xilindroweb.blogspot.com

Tempo de leitura: < 1 minuto

A onda de assaltos e arrombamentos a estabelecimentos comerciais em Uruçuca parece não ter fim. Num intervalo de uma semana, os dois postos de combustível da cidade foram arrombados. Há uma semana, ladrões entraram na área administrativa de um posto de gasolina, arrombaram o cofre e levaram todo o dinheiro. Ontem à noite, a ‘visita’ foi ao segundo posto e seguiu o mesmo modus operandi. Prejuízo de R$ 2 mil.

Os assaltos e arrombamentos são tão corriqueiros no município sul-baiano que gerentes de banco evitam trabalhar em Uruçuca. Funcionários dos Correios passam por tratamento psicológico e alguns foram afastados do trabalho ou transferidos para outros municípios devido aos frequentes assaltos. O pior é que a polícia não consegue chegar aos autores dos crimes. O município está situado às margens da BR-101 e é cortado pela BA-262, que liga a rodovia federal a Ilhéus.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar de pequeno, o município de Uruçuca também sofre com a violência e a criminalidade. Por essa razão, entidades locais da sociedade civil estão se reunindo para criar um conselho específico para debater soluções nessa área.

O assunto será tema de uma seminário, que acontece nesta quarta-feira (26), a partir das 9 horas, no auditório da Emarc. Pesquisadores, estudantes, autoridades da área policial, judiciário e Ministério Público estão fazendo um diagnóstico da violência em Uruçuca, para balizar as discussões.