Tempo de leitura: < 1 minuto

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura de Itabuna, o prefeito Capitão Azevedo e o secretário de saúde, Antônio Vieira, serão recebidos em audiência, nesta quinta-feira, pelo governador Jaques Wagner, em Salvador.
Wagner deverá assinar, ainda nesta quinta, decreto de emergência em Itabuna, Jequié, Porto Seguro e mais três municípios onde o avanço da dengue é preocupante.
Itabuna registra mais de 2,2 mil casos da dengue, com sete óbitos, sendo quatro confirmados. A audiência ainda terá participação do secretário estadual de saúde, Jorge Solla.
A assessoria do governador discute a possibilidade de Wagner e Solla virem conferir de perto a situação de Itabuna. O estado tem contribuído com a liberação de recursos e equipamentos para o combate à dengue.

8 respostas

  1. ACABOU O CORONELISMO!!!
    AGORA TEMOS ESPAÇO PARA TODOS, ANTES QUANDO O GOVERNO ERA O DEM, PREFEITO DO PT VIVIA A PÃO E ÁGUA, UM BOM EXEMPLO É GERALDO SIMÕES.

  2. Concordo que perdas são perdas… mas, só para corrigir: as pessoas faleceram EM Itabuna, porém não são todas daqui! São de Buerarema, Itororó e Itabuna,
    Abraços!

  3. Patrícia,
    contabilizadas as mortes dos garotos de Buerarema e Itororó, chegamos a nove vítimas. Em Itabuna, foram quatro crianças (Hanna, George, Brenda e Lucas) e três mulheres adultas (Cosmira, Rita Santiago e uma jovem de nome ainda não identificado pela vigilância).
    É isso.

  4. Patrícia,
    o texto acima fala em sete óbitos. Portanto, e está claro, todos são de Itabuna. E, para ilustrar, deixamos claro que chegamos a nove se acrescentadas as mortes das crianças de Itororó e Buerarema. O texto está corretíssimo.
    Ainda confusa?

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.