Tempo de leitura: < 1 minuto

milton-cerqueirafoto-duda-lessaCaberá ao vereador Milton Cerqueira a tarefa de emitir o parecer sobre a indicação da advogada Juliana Burgos para a Procuradoria-Geral de Itabuna. Ele foi escolhido há pouco, durante a sessão das comissões técnicas da Câmara.
A maioria dos vereadores garante que a decisão será técnica, mas a escolha de Milton para a relatoria pode dar à matéria um encaminhamento político. E isso pode significar problemas para o prefeito Capitão Azevedo.
O fio desencapado tem a ver com o tratamento que Alcântara Pellegrini, indicado de Cerqueira, teve na Secretaria de Esportes. Depois de aguentar dois meses de interinidade à frente da Secretaria, Pellegrini foi “convidado” a limpar as gavetas… E Cerqueira estrilou.
Agora, numa ironia do destino, a nomeação da procuradora vai passar pelo vereador maltratado.

8 respostas

  1. Chegou a hora de dar o troco Milton…A propósito, com esa confusão toda da dengue…alguém viu o capitão?
    Ei, psiu! O Capitão sumiu!!!!

  2. Esperamos que o vereador seja tecnico e nao politico, mas aqui pra nos, nao dar pra rasgar a lei do nepotismo que ele votou em 2008.

  3. Concordo, não dar pra rasgar a lei do nepotismo que ele votou em 2008. MAS…… EM POLÍTICA TUDO SE ESPERA E TUDO SE PODE!!!

  4. Eu quero so ver a atitude da nova camara de vereadores principalmente nas figuras dos edils Loiola, Solom Pinheiro, Raimundo Polvora,os três pregaram moralidade, justiça, e a lei do nepotismo é clara, como pode Pai, filha e irmão todos ocupando cargos de confiança…Se os vereadores aprovarem são mais do que palhaços, e o povo estar de olho neles….

  5. Não tem nada a ver com a Lei de Nepotismo, o relator pode sim aprovar a indicação sem rasgar a Lei, o resto é conversa fiada, ou algum Vereador querendo levar alguma vantagem.
    Pode dar o parecer a favor Miltom pois assim você esta mostrando à sociedade que é um vereador comprometido com as causas verdadeiramente sérias.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.