Tempo de leitura: 2 minutos
O que me faz escrever esse artigo é a tristeza que atingiu meu coração quando entrei hoje no Hospital de Base em Itabuna. Aquilo não é um hospital, mas sim um matadouro de seres humanos. Fiquei chocado com cenas que até agora não saem da minha memória.
Enquanto esperava pelo resultado do atendimento de um amigo ( Dr. Luiz Augusto Lavigne), circulei pela enfermaria e no pronto-socorro. Meus amigos, o que vi foi pessoas jogadas pelas cadeiras, camas sem forro, pacientes em meio às nojeiras de um chão sujo de merda e de urina. O Hospital de Base completamente lotado, sem condições humanas para atender a ninguém.
Aqui em Ilhéus, temos vários hospitais e posso afirmar que o Hospital Regional de Ilhéus é um exemplo de bom atendimento, mas o Hospital de Base não chega a 1% da responsabilidade com que o paciente é tratado no Hospital Regional.
Sabemos que o Hospital Regional também passa por dificuldades de superlotação, mas vem dando conta do recado, enquanto o Hospital de Base é uma carnificina!

Ouvi uns figurões
que estavam mandando limpar e amenizar a situação do hospital, porque o Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Dr. Jorge Solla, faria uma visita a Itabuna. Um ex-secretário de saúde de Itabuna respondeu que era bom deixar do jeito que estava, para que o Jorge Solla sentisse a situação da saúde na Bahia.
Infelizmente, presenciei  o sofrimento de uma família que perdeu hoje um ente querido para a Dengue. O rapaz, que tinha 20 anos (Márcio Soares), é o segundo caso de dengue hemorrágica dentro da sua família .
Nós, ilheenses, podemos respirar um pouco aliviados por não estar passando a situação de nossos irmãos itabunenses. Realmente, o que posso dizer é a verdade, ao afirmar que nós estamos recebendo muitos itabuneses, transferidos para Ilhéus por não ter mais leito em Itabuna.
Diante do caos no qual submergiu a saúde pública no estado,  onde exames de emergência costumam demorar até três meses, acompanhamos o sofrimento do povo que superlota os hospitais atrás de um atendimento digno e de seus direitos a uma saúde pública de qualidade.

27 respostas

  1. É uma pena que, num lugar cuja medicina é tão “exemplar”, tão “competente”, tão “avançada”, haja espaço para médico que não saiba, sequer, fazer uma necropsia.
    Tiveram que enviar o corpo do ex-Deputado para o “xiqueiro”, …!!!
    Mas é cada um Zé mané, …!!!
    O problema do pavão é que ele “exibe o rabo”, mas “não olha para os pés”, …!!!
    Já presenciei cenas em que alguém que quase se afogou na praia teve que ser transferido para Itabuna, em pleno domingo, pois em Ilhéus não eoncontraram médicos para atender.
    Desde quando um torto pode falar de um aleijado, …?!?!?!
    Já sei! É que por lá, para variar, deve haver um INCOR, só que virtual, assim como ZPE, SHOPPING, CEFET, dentre outras coisas mais, …!!!
    Vê se te manca, …,!!!
    A propósito: Quantos casos de dengue hemorrágica houve em Ilhéus ultimamente? O que? “Nenhum”! É. “o cara tem razão”, …!!!
    “Eles são realmente um exemplo”, …!!!

  2. Já tive o desprazer de ir a esse hospital num dia em que minha mãe passou mal dentro de um restaurante e o SAMU, que fica ao lado, não foi atender, pois estava sem carro! Me disseram que era o único pronto socorro que existia na cidade e, como não moro aqui há muito tempo, demorei para achar, naquele fim de mundo! Lá chegando, trataram pessimamente de minha mãe e ela não quis ficar esperando o médico, que a viu e mandou que esperasse de novo em uma sala interna, sem nem medicá-la, sem nem examiná-la, uma senhora de 65 anos que havia desmaiado sem motivo dentro do restaurante!
    Odeio esta cidade de merda! E ainda se acham superiores a Ilhéus, esculhambam, dizem que a saúde daqui é excelente! Bando de cegos!

  3. Ao ler esse agravo me veio a lembrança o livro “O ensaio sobre a cegueira de Saramago”. Nele podemos vislumbrar o quanto o ser humano é egoísta e individualista, mesmo quando todos estão na mesma situação. O que me parece é: O problema não é comigo então não me importo… A falta de solidariedade é uma condição inata do ser humano, mesmo ele sabendo que o outro é humano igual a ele. Se não abrirmos os olhos e percebermos que é nossa responsabilidade mudar esse caos vamos todos afundar nessa lama. Solidariedade já……….

  4. Infelizmente o HBLEM tem esses leitos,mas naõ tem pessoal adequado para auxiliar os médicos e pacientes.A administração colocou os concursados para se virarem nos 30, os funcionarios além de dar conta do serviço rotineiro ainda tem que auxiliar esses pacientes com dengue,falta pessoal,falta treinamento.A verba que estão mandando não é o suficiente?Está na conta de quem?

  5. gostei do seu comentario, e vergonhoso um hospital com estrutura que tem viver entregue as traças {tira do governo municipal transfere p/estadual e não muda nada so serve para cabide de empregos.para estes marajas da nossa fracassada politica imunda e caotica. que só servi para se benificia.{hospital de base,sac,centro decultura e ai vai.edçt…..e tal.

  6. Não tenho procuração para defender o HOSPITAL DE BASE de Itabuna.Mas não posso me calar diante de críticas infundadas de certo “CIDADÃO” da cidade coirmã (Ilhéus),pessoas que até pouco tempo se utilizavam de nossos serviços de saúde,e que hoje se postulam como críticos da materia, desconhecendo totalmente o verdadeiro caos em que nós Itabunenses passamos em um passado bem recente.Graças a DEUS e aos homens de boa fé que as ações estão sendo tomadas;O Governado do Estado demostrando compromisso c/ a região, montou o QG da secretaria de saúde do Estado em Itabuna e o Prefeito Azevedo,que mesmo Eu não sendo partidário a Ele mas reconheço sua seriedade em que trata o assunto.Certamente nós Itabunenses voltaremos a ser referência em saúde .Quem viver verá.

  7. Você do blog culpa o estado mais esquece de quem ficou com o dinheiro de saude, lembre-se FG.

  8. Ilhéus realmente é referência. Referência em explorar o turista e nao o turismo. Referência em querer pelo menos mais de uma ponte na cidade, só para poder atravessar de um lado para o outro sem maiores problemas. Referência em comprar tudo em Itabuna porque o comércio é uma bosta. Conheço gente que faz FEIRA no centro comercial de Itabuna porque nao suporta comprar nesse lugarzinho. Realmente Ilhéus é referência é tudo, serve como “exemplo”. Exemplo de ter eleito Valderico Reis, como gestor do município, época em o mesmo mais afundou… Ah, faça-me uma garapa de limão balão…
    Itabuna recebe gente de vários municípios e atende a todos eles, diferentemenete de vocês que não servem para receber nem visitantes que vão aí deixar dinheiro. Vocês não servem nem para vender anador para tem está com dor de cabeça…
    Com todas as deficiências é para cá que todos vêem. Sugira ao povo de Ibicaraí e Floresta Azul para ir praí. duvido que algué queira. Nem pagando…

  9. José Roque, você deve ser mais um político daí, não é possível. CRIANÇAS morrendo diariamente e você preocupado com Ilhéus. Caso você não lembre, sua cidade está na pioR parte do Jornal Nacional!!!

  10. ESTE PROFESSOR SÉRGIO É MESMO UMA PESSOA QUE SE ACHA TÃO CULTO MAIS NA REALIDADE É UMA PIADA, NINGUÉM PODE FAZER NEM UMA CRITICA MESMO QUE CONSTRUTIVA, COMO FOI O DO BLOGUEIRO AGRAVO O QUAL NÃO CONHEÇO E NÃO TENHO PROCURAÇÃO PARA DEFENDE-LOR. O QUE SE QUESTIONA NÃO É O FATO DE HOJE REALMENTE O HOSPITAL REGIONAL DE ILHÉUS DESDE A GESTÃO DE DR. RUY E AGORA GUSTAVO ESTA MUITO MELHOR ADMINISTRADO E O HOSPITAL DE BASE DE ITABUNA NÃO TEVE A MESMA SORTE. OS MEUS NETOS NASCERAM EM ITABUNA POR ILHÉUS NÃO POSSUIR NENHUMA UTI NEO NATAL, OPEREI EM ITABUNA E INFELIZMENTE POR ERRO MÉDICO E FALTA DE ESTRUTURA NO HOSPITAL CALIXTO PRESICEI SER TRANSFERIDO PARA SALVADOR, GRAÇAS A DEUS TIVE CONDIÇOES PARA ISTO, SE FICASSE EM ITABUNA OU ILHÉUS TERIA MORRIDO. QUANDO SE RECLAMA DE ALGUMA DEFICIENCIA NÃO É PARA CRITICAR E SIM PARA OS NOSSOS GOVERNANTES OLHEM PELA NOSSA REGIÃO TÃO SOFRIDA E QUE SUSTENTOU SALVADOR POR MUITOS ANOS. ILHÉUS E ITABUNA TEM QUE SE UNIR POR UM IDEAL SÓ QUE É O PROGRESSO E MELHORIA DE NOSSAS CIDADES E REGIÃO. NÃO PRECISAMOS DE PICUINHAS DE UM PROFESSOR COMPLEXADO. SAUDAÇÕES ILHEENSE

  11. O Estado é o culpado?
    Memória curta ou conveniência?
    Itabuna ( infelizmente),é referência NACIONAL em óbitos por dengue.
    Lembram-se de Jesuíno e FG? Pois é! É a herança. É o legado da competência e honestidade no gerenciamento da Administração Pública.
    Vamos dizimar os POBRES, PRETOS, PROSTITUTAS, TRABALHADORES, BRANCOS POBRES. MALDITOS POBRES!
    HERANÇA E FILOSOFIA DO GRUPO FG.
    Que pena Itabuna!

  12. Nenhuma cidade da Bahia pode falar de outra, quanto a saúde. Nem a capital, …!!!
    Até na capital, outro dia o Jornal A Tarde noticiou que uma família foi buscar o corpo de um ente querido que tinha falecido e estava no Hospital Roberto Santos. Ao chegar lá, perceberam que o corpo da pessoa estava desfigurado, roído por ratos. Aconteceu dentro do hospital. Imaginem nas cidades do interior, …?!?!?!
    Querem outro caso: O evento envolvendo o ex-Deputado Sérgio Naya, em Ilhéus.
    Se citarmos todos, haja espaço.
    Como eu já disse anteriormente: “Um torto não pode falar de um aleijado”, …!!!
    Infelizmente estamos no mesmo barco. Melhor seria se pudéssemos elogiar todas elas (as nossas cidades), mas a nossa realidade não nos permite fazer isso, …!!!

  13. Bom, quase nunca comungo da mesma opinião que o comentarista de blog Sergio Oliveira, mas hj sou obrigado a concordar. O Hospital Regional é uma “merda” outro dia estive lá dando socorro a uma senhora de 83 anos que estava com sangramento e o medico de plantão um “turista” me disse após mais de uma hora de espera que não a atenderia pq ele era clinico, e que ela, a senhora idosa tinha que ser levada para o SANTA ISABEL, isso memso, ele esqueceu que este outro hospital desta cidade que tem modelo em saúde estava fechado ” a pelo menos 3 anos”. Enquanto estive lá no hospital vi varias pessoas que estavam esperando atendimento há mais de 5 hs, vi outras pessoas jogadas em cadeiras no corredor, vi a sujeira que tem lá, vi enfermeiras tratando mal aos pacientes, pessoas que se queixavam do atendimento do dito médico, que as atendia com muita rapidez, pq segundo eles naquele dia lá tinham mais de 40 pessoas com Dengue. Então meu caro, pq dizer que ILheus tem saúde melhor que Itabuna. Na verdade em nenhuma das duas cidades o atendimento está bom. Vamos trabalhar srs. Prefeitos e Secretários. Foi o povo quem os colocou aí, este povo que é atendido pelo Regional e pelo de BASE.

  14. DE QUEM É A CULPA?
    Itabuna tem um programa de educação ambiental?
    Nossa cidade tem uma cooperativa e usina de reciclagem do lixo?
    O governo faz coleta seletiva nos órgãos da administração municipal e incentiva a população?
    O executivo ou o legislativo apresentou proposta de lei que puna o “sujão” das vias púbicas?
    Se a resposta é não, então some isso ao índice de analfabetismo, de ignorância e abandono conjugado com a falta de saneamento básico em que vivem a maioria do povo de nossa cidade e aí temos o caos.
    TEMOS O MAIOR LABORATÓRIO DE INCUBAÇÃO DE MOSQUITO AEDIS AEGYPTI DO MUNDO!!!

  15. Será que alguém vai votar em Fernando Gomes para Deputado Federal? É claro que sim, porque o povo gosta mesmo é de sofrer. Porque a vida sem sofrimento não tem graça. VIVA A FERNANDO GOMES E JESUÍNO. Vamos bater palmas para eles.

  16. O hospital de Base tava cheio no mínimo pq Ilhéus não recebe gente de outras cidades pra cuidar da saúde né?!

  17. Nossa, cidades circunzinhas vindo tudo pra Itabuna com seus pacientes (Itajuípe, Ibicaraí, Buerarema, Itape, Barro Preto, Floresta Azul e tantas outras), para serem atendidos no precário Hospital de Base, sendo que há 30 km de Itabuna, tem o hospital Regional q é uma referência…
    Já vou até pedir pra colar em minha identidade: “Se eu passar mal, me leva pro Regional”.
    Mas se morrer…

  18. Quando escrevi a nota ” Desabafo ” não quis ofender a saúde dos Itabunenses, apenas falar o que vi no hospital de Base. Infelizmente algumas pessoas utilizaram meu texto para alimentar o barrimos entre Ilhéus e Itabuna. Meu ponto de vista é simples, a de salientar a comparação do Hospital Regional e o Hospital de Base, e não atuação da área de administração da saúde de Ilhéus e Itabuna.
    Mas os dois sofrem os problemas, pois são hospitais publicos brasileiros.

  19. Jamesson,
    Parabéns pelo artigo. Quem vê diferenças é porque ainda deve imaginar-se nos velhos tempos dos coronéis e das disputas que em nada ajudaram as duas cidades-irmãs.
    Pela contundência e realismo, é que reproduzimos o teu desabafo aqui no blog. E, mais uma vez, parabenizamos pela credibilidade conquistada pelo Agravo.
    Abraços, irmão.

  20. srs. o momento não é de politicagem com a saúde do povo itabunense, falhou o governo municipal, mas, mais grave foi a falha do governo estadual e federal, que já deveriam ter feito uma INTERVENÇÃO RADICAL na área de saúde de Itabuna. Queremos ver ATITUDE e CONSEQUENCIA, cade o Ministerio Público para eenquadrar os responsáveis dos poderes municipal, estadual e federal ?? CHEGA DE EXPLORAÇÃO POLÍTICA DO ASSUNTO

  21. Pedro Bezerra, Ilhéus errou ao eleger valderico, mas arrancou ele de lá, saiu corrido pelos fundos da prefeitura com medo da população que tomou a entrada da prefeitura. E Itabuna que só chora e baixa a cabeça diante das mazelas de Fernando e sua gente que continua mamando na prefeitura, ainda vota no prefeito do homem, um despreparado que ta perdido porque não sabe administrar nem a casa dele quanto mais uma cidade, o povo morrendo de dengue ninguém sabe quem será a próxima vítima, a cidade em pânico. ILHÉUS TEM HOMEM, GRAÇAS A DEUS.

  22. Não podemos tapar os olhos com a peneira, a saúde em Itabuna vai mal a pior,disso não tenho dúvidas…
    Minha mãe que é idosa, e mesmo tendo plano de saúde está indo para Ilhéus para poder se consultar e fazer exames, ela está adorando a facilidade e como é recebida nos consultórios, tenho uma amiga que não consegue uma consulta para um médico e eu indiquei q

  23. Não podemos tapar os olhos com a peneira, a saúde em Itabuna vai mal a pior,disso não tenho dúvidas…
    Minha mãe que é idosa, e mesmo tendo plano de saúde está indo para Ilhéus para poder se consultar e fazer exames, ela está adorando a facilidade do atendimento e como é recebida nos consultórios, tenho uma amiga que não consegue uma consulta para um detrminado especialista,e eu mesma estou agendando um tratamento na vizinha cidade.
    Realmente isso aqui está um caos, Ilhéus hoje está na frente de Itabuna e quisá ira ficar bem melhor…

  24. Ilhado, ainda bem que vc usou o singular. Realmente deve ter um “homem” em Ilhéus, pq se não a maternidade já teria sido inativada. Não venha querer discutir saúde e comércio com o povo de Itabuna, pq nesses assuntos Ilhéus é uma piada.

  25. Morram de inveja…
    Comparar Ilhéus com Itabuna, é mais ou menos como comparar a Coca-Cola com a Pepsi-Cola. Não dá né? Uma cidade que tem 80 km de lindas praias, tem porto, aeroporto, teatro, vida cultural, Jorge Amado, Vesúvio, Olivença,Ponta da Tulha, Lagôa Encantada, Acarajé de Irene e muito mais… não pode nem comparar né?
    Para azarar mais ainda os vizinhos, vem aí um novo porto, um aeroporto internacional, a ZPE e logo-logo a Petrobrás divulgará o resultado do Pré-Sal… Ói, me deixe…
    O shopping de Itabuna é bacana, mas um dia teremos um mais bonito. Apostam? E quando Itabuna terá um metro de praia? Nunca, jamé! Como diria o Vinícius: que me desculpe as (cidades)feias, mas beleza é fundamental…
    Fui!

  26. Gente,
    Vcs são bairristas demais, eu e maioria adoramos morar em Itabuna e se mandar para Ilhéus. As duas cidades são ótimas, se completam. Quando uma não está dando certo em algum serviço, vcs mesmos estão depondo, q vão para a vizinha. Então devemos nos unir e nunca alimentar essa briga velha, cansada e sem sentido. Eu sou itabunense e adoro as duas.E ainda temos Itacaré, Uruçuca (Serra Grande)… Brigar pra quê?

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.