Tempo de leitura: < 1 minuto

A nova radialista da praça / Ganhou fã inusitado / O que assina com graça / Mestre Agulhão Afiado:
Eu não quero ser injusto,
porém se Alice se arvora
em radialista, me assusto
com essa vocação que aflora…
Mas de grave não há nada,
não sejamos, pois, mesquinhos,
há tempos que ela é chamada
de… Rainha dos baixinhos!

2 respostas

  1. tempo ocioso é coisa séria!
    Azevedo, cadê o emprego do agulhão afiado que vc prometeu? Quem sabe trabalhando, ou frequentando uma repartição pública que não permita acesso ao Pimenta na Muqueca, deixemos de ler esses lindos versos, que nos faz lembrar do eterno Jorge Amado, pela sua semelhança e qualidade.
    Azevedo, coloca o Agulhão pra fazer o projeto de 100 anos de Itabuna, homenageando nossos artístas. Afinal, o Agulhão Afiado é uma “autarquia”, uma “dinastia”, como diria o filosofo cearense “Coxinha”…

  2. Esse Agulhão não é fácil:
    Provou que faz versos em quaisquer métricas, …!!!
    Falou dos, …, “galos”!
    Agora comparou um tribufu à Xuxa, …!!!
    Seria “boa vontade” ou miopia, …?!?!?!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.