Tempo de leitura: < 1 minuto

Figueroa: falta planejamento.
Figueroa: falta planejamento.

A propósito da nota sobre a exclusão de Ilhéus da rota de expansão da empresa aérea Trip no estado (confira), o consultor Ariel Figueroa acredita que isso se deva à falta de planejamento turístico do município sul-baiano. “Simplesmente vemos o que está acontecendo lá fora e simplesmente desejamos”.
Para ele, a Trip deve ter feito estudos de viabilidade sobre os destinos mais viáveis para a empresa. “Precisamos parar de invejar os outros e sermos profissionais e, de uma vez por todas, termos um Planejamento Turístico, com metas, prazos. Assim, as Trips da vida reconhecerão um campo fértil para suas empresas vir a somar”.

8 respostas

  1. Desde quando eu trabalhei com Estatística aplicada ao Turismo, em 1996, já dizíamos isso (inclusive no Seminário de Turismo, realizado no Hotel Canabrava, na época). Até hoje nada mudou …!!!
    O egrégio consultor “não descobriu o Brasil, muito menos inventou a roda”. Apenas constatou, mais uma vez, o que já foi falado, discutido à exaustão, feitas inúmeras sugestões e recomendações, mas nenhuma medida concreta foi tomada, …!!!
    Talvez com alguém de fora falando a mesma coisa, alguém de lá tome jeito e faça o que tem de ser feito (ou que já deveria ter sido feito há muito tempo), …!!!
    É que aqui na região “só vale a opinião de quem é de fora”, …!!!

  2. Não falta planejamento. Foi feito um extenso planejamento em 2000, o PET (Plano Estratégico de Turismo), baseado em forum com 70 pessoas ligadas à área e suas sugestões, depois transformadas em projeto técnico.
    Está disponĩvel para quem quiser conferir em http://www.redemorena.com.br/pet.htm
    O que falta é gente (de gestores a hoteleiros) dispostos a executar.

  3. O Lula Simões deve achar diferente. Eu já tinha falado isso antes dessa matéria( Vide reportagem sobre a Trip). Mas o “xará” de presidente com sobrenome de deputado, deve ser bem mais gabaritado sobre o assunto.

  4. “Não falta planejamento. Foi feito um extenso planejamento em 2000, o PET (Plano Estratégico de Turismo), baseado em forum com 70 pessoas ligadas à área e suas sugestões, depois transformadas em projeto técnico.”
    Marcel, na verdade o que falta para os ilheenses é iniciativa.

  5. Marcel, vi esse planejamento na UESC através da Prof. Josefina Fontes, nas aulas de turismo.
    De “maneira” macro creio que não exista instrumento melhor. No entando, me referia a um modelo muito parecido com um orçamento anual, no qual a prefeitura deveria colocar a curto prazo as medidas, eventos e calendários para o turismo.
    Se você entendeu bem a comparação, esse planejamento seria a bíblia e , anualmente, a prefeitura e a iniciativa privada comtemplariam suas diretrizes.

  6. Marcel, vi esse planejamento na UESC através da Prof. Josefina Fontes, nas aulas de turismo.
    De “maneira” macro creio que não exista instrumento melhor. No entando, me referia a um modelo muito parecido com um orçamento anual, no qual a prefeitura deveria colocar a curto prazo as medidas, eventos e calendários para o turismo.
    Se você entendeu bem a comparação, esse planejamento seria a bíblia e , anualmente, a prefeitura e a iniciativa privada contemplariam suas diretrizes.

  7. Há duas coisas no mundo que prejudicam muita gente:
    1 – O “achismo”, …!!!
    2 – O “diz que”, …!!!
    Isto serve para consultores também, …!!!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.