Tempo de leitura: < 1 minuto

Ainda candidato, o hoje presidente da Amurc, o prefeito Moacyr Leite (Uruçuca), disse que a entidade de defesa dos municípios do sul, extremo sul e sudoeste da Bahia era tratada como cabide de empregos pelos seus dirigentes.
Orlando Filho, de Buerarema, e presidente da entidade à época, nada contestou. Nesta semana, Moacyr deu entrevistas e afirmou que seu antecessor deixou dívida de R$ 53 mil na Amurc.
Do outro lado, silêncio.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.