Tempo de leitura: < 1 minuto

Quatro homens invadiram, no início da noite deste domingo, o Centro de Treinamento de Líderes, na Ilha de Itaparica, convento onde está hospedado o delegado José Magalhães. Segundo ocorrência registrada às 18h20 pelo policial militar Alex Barbosa, os bandidos entraram em todos os 42 apartamentos do abrigo religioso à procura de Magalhães, que assumiu a delegacia de Itaparica no início de fevereiro para combater a criminalidade local, cujo ápice foi o assassinato do empresário Abel Aguilar, 36 anos, que resultou na exoneração do então delegado titular Ruy Araújo.
Armados de escopetas e pistolas, os bandidos deixaram o convento sem levar nada, depois que funcionários do Centro lhes informaram que o delegado não estava presente. Alguns apartamentos, cujas chaves não se encontravam no abrigo, foram arrombados. Em Salvador nesta segunda, Magalhães confirmou a história e classificou a tentativa de atentado como “terrorismo”. “Queriam me matar. Já mandei investigar para identificar os elementos”, afirmou o delegado. Informações do A Tarde e Política Livre.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.