Tempo de leitura: < 1 minuto

Comissão discute como serão as comemorações (foto Vinícius Borges)
Comissão discute como serão as comemorações (foto Vinícius Borges)

O prefeito Capitão Azevedo determinou que seja formada a comissão que vai coordenar os eventos comemorativos do centenário de Itabuna, em julho de 2010.  A programação começou a ser discutida esta semana, pelo Gabinete, Cerimonial e Secretarias de Administração, Comunicação Social e Indústria, Comércio e Turismo.
Um anteprojeto para as comemorações foi apresentado pelo historiador Adelindo Kfoury e será analisado a partir de agora. Os envolvidos sentam-se novamente para tratar do assunto no próximo dia 2 de abril.

13 respostas

  1. Já comentei isso em outras oportunidades, mas agora creio que será bem mais oportuno:
    Onde quer que eu passe, que fale com alguém, estou fazendo uma campanha para que, no centenário da cidade, Itabuna volte a ter um relógio, só que imponente, na praça Adami que, historicamente, ficou conhecida, por muito tempo, como sendo “a praça do relógio”. O equipamento foi retirado de lá e nunca mais foi subtituído por outro. Hoje apenas está por lá um cartaz, sem uso, do cinema, …!!!
    Esta iniciativa poderia ter participação da iniciativa privada, o que diminuiria muito os custos.
    Sei que a cidade tem muitas outras prioridades, mas seria uma uma coisa com muito aspecto de resgate histórico, simbólico, cultural, que representaria a reposição de um equipamento que a cidade já teve e as gerações mais novas não alcançaram, …!!!
    Poderei até ser criticado por isso, mas creio que algumas coisas poderiam ser resgatadas por ocasião do centenário da cidade. Esta seria apenas uma delas, …!!!
    Mais uma vez, está lançada a semente, …!!!

  2. espero que eles nao escondao as surgeiras debaixo do tabete ou pinte os meios fios como foi feito no carna folia , como que eles nao soubesse nada da dengue. preparemum centenario dentro da realidade de itabuna, tragao bandas e atraçoes musicais que nao sejao muito fora da realidade de nossa morta cidade. pensem bem o que voces vao fazer estamos de olho, o restaurante popular ja sabemos esta sendo adiada sua reabertura para no centenario ter algo para inaugurar. deixo bem claro o sao lucas nao e obra de azevedo, a reativaçao do hbelem nao e obra de azevedo. se provarem ao contrario eu quero ve a prova.

  3. Sera que e hora de se pensar em comemoraçao ?. E comemorar o que ?. O melhor seria liquidar o mosquito da DEMgue, resolver o problema do Lixo, esgoto, saude, emprego dentre outros. Como itabunense, nao tenho o menor animo, alegria, esperança neste governo. Espero que passe rapido esses quatro anos.

  4. Isso é a coisa mais absurda que eu estou lendo nos ultimos dias, a cidade num verdadeiro caos e essa corja pensando em centenário da cidade, isso é brinca com a vida das pessoas de bem desta cidade, que estão sofrendo.
    Eu fico indignado com isso!!! Sinceramente não estou acreditando nisso!!!!!
    ATE QUANDO A GENTE VAI LEVANDO PORRADA, PORRADA!!!!
    ATE QUANDO A GENTE VAI FICAR SEM FAZER NADA!!!!!

  5. Ei, psiu! O Capitão Sumiu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    é observar a foto e saber que Azevedo nem nesta reunião aparece.
    Ei, psiu, o capitão sumiu!

  6. Que absurdo, Itabuna jogada às traças e esse povo pensando em festejo de centenário!!! Agora eu pergunto: festejar o que? A epidemia de dengue, a ineficiência da marquise? As ruas esburacadas, os canais à céu–aberto???
    Ô povo atrasado esse povinho de Itabocas.
    Acorda povo!!!

  7. Assim como o país em si, a cidade também tem seus momentos históricos.
    Quando o Brasil fez 500 anos do seu achamento – alguns preferem descobrimento – mesmo cheio de problemas, na época, houve a comemoração, pois se tratava de um momento histórico.
    A nossa cidade também passa por momentos desagradáveis, é verdade, mas alguma coisa terá de ser feita, afinal não é todo dia que se faz 100 anos. As mesmas pessoas que hoje criticam, serão aquelas que irão cobrar, caso a data passe em branco.
    Qualquer coisa que venha a ser feita necessita de planejamento prévio, até a simples celebração de um culto ecumênico, pois um erro não justifica o outro.
    As pessoas envolvidas na área de saúde têm que cuidar da epidemia, que infelizmente já está instalada na cidade, assim como na prevenção para que nos próximos anos não ocorra novamente. Os demais têm que continuar desenvolvendo suas atividades, nas suas respectivas áreas.
    Na verdade, há muito “oportunismo burro”, por parte de algumas pessoas, …!!!

  8. COMEMORAR O QUE?
    A EPIDEMIA DE DENGUE,LIXO.VIOLENCIA PREFEITURA SEM PROJETOS.INAGURAÇAO DA PREFEITURA MOVEL,BOLÇA RENDA MINICIPAL,ENTREGAR AS CARTEIRAS DE HABILITAÇAO.FALA SERIO AZEVEDO.RESPEITE O POVO E TEM SENSIBILIDADE PELOS PERENTES DESSA EPIDEMIA QUE PERDERAM SEUS FAMILIARES.VOCE PENSANDO EM FESTA.VOCE NUNCA FOI SERIO LEVOU O POVAO PRA HISTORIA.SEU TROCO VEM AI NAS PROXIMAS ELEIÇOES.SE VOCE CONSEGUIR TERMINAR ESSE DESGOVERNO AI.O POVO ESTA DE OLHO EM VOCE.

  9. Sim Sérgio, concordo com vc que realmente pra realização de algum evento, principalmente num porte desse necessita de tempo, so que não quando a coisas acontecendo de ruim em nossa cidade. Eu te sou sincero, um evento desse eu organiza e executo com no maximo 4 a 6 meses, lembresse falta ainda 1 ano e 4 meses, a prioridade agora é outra, o foco de todos deveriam ser outros, pq pelo andar da carruagem no centenário pode não haver é mais cidade, podemos esta dissiminados, pense nisso!!

  10. Caro Rafa César
    Te daria total razão caso a Secretaria de Saúde estivesse diretamente envolvida nesta comissão, mas o pessoal da Secretaria de Comércio, Indústria e Turismo, dentre outras, têm que desenvolver trabalhos, concorrentemente, também.
    Já imaginou se apenas a Secretaria de Saúde e outras mais próximas dela estivessem trabalhando no combate à epidemia, enquanto os demais estivessem parados, sem fazer absolutamente nada, …?!?!?!
    Creio que várias coisas podem ser feitas paralelamente, inclusive cuidar da referida epidemia, pois são pessoas diferentes, com formações distintas. Será que adiantaria colocar pessoas com outra formação para combater a epidemia? Creio que só iriam atrapalhar. Se mesmo assim, você conseguir me convencer que sim, eu retiro minhas justificativas e te darei 100% de razão, …!!!
    O debate é bom por isso. Vamos lá, …!!!

  11. seje feito pesquisa popular com a populaçao para saber o que acha e mesmo se acha se nos temos o que comemora, eles que querem. o simples nao e deshonrra, deshonrra e gasta o que nao se tem para se aprecer. vao ajudar o prefeito de voces a começa a trabalhar , refazer um programa de governo pois o que ele tinha era promessa politiquira e se tem progeto me diga algo serioe que ja vai ser feito neste semestre.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.