Tempo de leitura: < 1 minuto

Desde sexta-feira passada, um cano estourado na Avenida Ilhéus chamava atenção de quem passava pelo local. Era tamanha a força da água desperdiçada, que algumas pessoas diziam parecer um chafariz.
Uma moradora da avenida tentou acionar a Emasa no sábado pela manhã, mas ninguém atendeu. Segundo ela, a água só jorra à noite, que é o período em que a empresa libera o precioso líquido naquelas imediações.
Ontem (22), essa mesma moradora ficou ainda mais angustiada com o tanto de água tratada que escorria pela sarjeta. Era o Dia Mundial da Água.

7 respostas

  1. Quem pensou que com a saída de Isais a coisa ia melhorar hein ? Por falar em Isaias, a quantos anda o (s) processo (s) movidos contra ele ? quem sabe responder ? também foi pra o ralo ?

  2. Valeu a força,Pimenta!! Ardeu neles!! Maaasss…só hoje a tarde correram lá pra consertar o rombo que, desde sexta, fazia dó ver tanta água ser desperdiçada.Milhares de litros foram embora pelo ralo!!!Acho incrível que a empresa não têm um telefone de emergência.Alguém pode dizer por que?

  3. Eu também quero saber, cade Isaias Mendes ?? E os processos, estam andando ?? Na declaração de IR dele vai ter evolução patrimonial ?? Com uma boa investigação…
    Bloqueiro, você se tornou nosso “porta voz” e “informante”, nos ajude com a resposta.

  4. é sempre assim esperam primeiro sr publicado para depois consetar o poblema, A LAMA É A MESMA SO MUDOU O CARANGUEIJO!MP NELES!!!!!!!!!!

  5. esses espetáculos de água são uma novidade nos bairros mais proximos ao centro… pq no resto da cidade é normal, faz parte da rotina..

  6. quantas e quantas vezes me deparei com essa cena. Já tentei ligar num final de semana. A água jorrou de sexta-feira até segunda pela tarde. Na maioria daz vezes percebo que é resultado de um serviço de má qualidade na vedação dos canos. Descaso total com a população e com o meio ambiente.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.