Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem esperava que o vereador Milton Cerqueira (DEM) usasse a condição de relator da indicação de Juliana Burgos à Procuradoria-Geral do Município, para se vingar do prefeito Capitão Azevedo, pode tirar a criatura equina da precipitação pluviométrica.
O parecer de Milton sobre Juliana não levou em consideração a fritura de Alcântara Pellegrini, seu indicado, na Secretaria de Esportes. O vereador apresentou há pouco, nas comissões técnicas da Câmara, posição favorável à nomeação.
A indicação vai a plenário amanhã à tarde e precisa de nove votos para ser aprovada. Pelo menos dez vereadores assinaram requerimento para que a votação seja secreta, o que mantém um clima de mistério em torno do futuro da herdeira do advogado Carlos Burgos, secretário municipal da Fazenda.

7 respostas

  1. cara frouxo, quer dizer se tiver mais 8 frouxos, o nome dela será aprovado ? Vamos aguardar, a depender da decisão, convidaremos novamente a Rede Globo para uma cobertura espetacular e em rede nacional.
    Em tempo, na contra a dra., mas é muita concentração de poder na família e nos liderados do ex prefeito.

  2. ISSO JÁ ERA ESPERADO, MAIS O G7 NÃO VAI DEIXAR ACONTECER ISSO EM ITABUNA. ISSO É DESRESPEITO COM A POVO.

  3. EH RPZ ENQUATO O PREFEITO SUTUR O REI DO TURISMO EMBARCA PARA SALVADOR MAIS UMA VEZ ELE CAI FOA DE PROBLEMA. ITABUNA A ESPERA A NOMEAÇÃO DA PROCURADORA E DA SECRETARIA DE ESPORTE SERA QUE O GOVERNO SO COMEÇA EM JULHO OU AZEVEDO TA BRINCADO DE SER PREFEITO

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.