Tempo de leitura: < 1 minuto

Empresa instalada em Ilhéus está abrindo contratação de sete profissionais da área de tecnologia da informação, com experiência comprovada em desenvolvimento de software. A promessa é de salários a partir de R$ 5,5 mil. “São 2 vagas para analista de sistema, uma para analista de arquitetura, duas para analista de requisitos e duas para administrador de dados. Os candidatos devem apresentar graduação ou pós-graduação na área de TI e é desejável ter inglês fluente”.
Os profissionais interessados devem apresentar capacidade de especificar e analisar requisitos, elaborar projeto de software, executar projeto gráfico de interfaces, produzir, testar e avaliar software executável e promover a garantia da qualidade do produto. Os currículos devem ser encaminhados para o e-mail nelsonleal@perfilonline.com

7 respostas

  1. Pergunta-se:
    Aqui na região há pessoas com tal formação?
    Onde são preparadas, …?!?!?!
    Depois me criticam quando eu digo que qualquer empresa que venha para cá tem de buscar mão-de-obra qualificada lá fora, …!!!
    Agora Administradores, Advogados e Enfermeiros formados em Faculdades Particulares, estão saindo pelo ladrão, (vertedouro), …!!!

  2. Caro sr. Sérgio,
    Apenas como informação, existe em Itabuna um curso de graduação em Sistemas de Informação que prepara profissionais exatamente com o perfil exigido pela empresa.
    O curso funciona conforme as Diretrizes da Sociedade Brasileira da computação(SBC), da qual é representante institucional. Alguns de seus egressos compõem os quadros de funcionários de empresas como: IBM, Nestlé, Fiat do Brasil, Ipiranga (Distribuidora de combustíveis), Cargill, Penalty, Trifil, além de empresas em Denver (EUA) e Miami (EUA).
    Ainda sim a quantidade de alunos formados não é suficiente para atender à demanda do mercado.

  3. Sergio:
    Acredito que temos sim pessoas com tal formação na nossa região e formadas pela UESC, a nossa Universidade Pública.
    Talvez você precise conhecer um pouco mais o excelente trabalho que esta Instituição vem fazendo.
    Porém não vou me alongar, vou deixar que o pessoal da UESC responda com mais propriedade as suas colocações.
    Carlos Mascarenhas

  4. Na primeira, não… na segunda, pois na primeira mandaram meio “Pólo de Apertar Parafusos” embora!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.