Tempo de leitura: < 1 minuto

A falta de vigilantes nas unidades básicas de saúde de Itabuna está facilitando a ação de assaltantes. Entre a quarta e o último final de semana, pelo menos duas unidades foram arrombadas. Tanto no Conceição como São Pedro, os assaltantes levaram computadores, remédios, tensiômetros, geladeiras para conservação de vacinas e mobiliário. Os servidores da saúde estão preocupados com a falta de segurança.

3 respostas

  1. Zelão Diz: – É a “farra do boi”
    Insegurança na atual administração municipal tem sido a tônica. Liderado por um prefeito vacilante, o governo tropeça nos seus próprios erros.
    Imagine-se, que foi este mesmo prefeito que na campanha eleitoral, apresentou como meta de trabalho a melhoria da “segurança pública” inclusive com a aberrante criação da “secretaria de segurança municipal”.
    Agora no poder o governo do “capitão prefeito” se mostra incapaz de garantir a segurança do próprio patrimônio do município.
    Os “gatunos de fora” estão exultantes, por mais essa mostra da incapacidade do governo.

  2. Não é para menos essa onda de assaltos nos postos de saúde!
    O Ministerio Público deveria ter ciencia e apurar a responsabilidade da Prefeitura.
    Afinal o proprio MP fez visitas no final da gestão passada e também no inicio dessa gestão, registrando vários problemas de estrutura dos postos médicos.
    Logo, o MP nem notou que uma primeira atitude do novo governo foi fazer a retirada dos ALARMES que tinham nos postos médicos e ENCERRAR o contrato de SEGURANÇA com uma dessas empresas privadas de segurança.
    Até o final do ano passado, com a existencia desse contrato com essa empresa de segurança e o uso de alarme nos postos médicos ninguem ouvia falar em assaltos nestes postos.
    Agora, sem segurança, a bandidagem tá tomando conta!
    Vamos aplicar melhor o dinheiro público – fica economizando em segurança para se fazer carnaval e saõ jõao e a saúde cada vez pior!
    A falta de segurança nos postos médicos e os constantes assaltos tem que ter um responsável – acidade não pode ser prejudicada pela má administração do dinheiro público.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.