Tempo de leitura: < 1 minuto

A prefeitura de Itabuna decidiu reativar o serviço de ouvidoria-geral, que foi extinto no governo passado. O advogado Paulo Pontes de Souza, irmão do vereador Roberto de Souza, foi escalado para o cargo de ouvidor.
Outro também nomeado para o governo de Capitão Azevedo (DEM), o ex-vereador Dell Gally, assumiu a assessoria de “acompanhamento de programas externos”…

13 respostas

  1. O governo Azevedo vai recomeçar a ERA DAS CONTRATAÇÔES DE CARGOS COMISSIONADOS, cargos do tipo: segundo escalão – onde trabalha-se pouco e o salário é quase o mesmo de um secretário.
    Depois diz que não tem dinheiro para dar 12 por cento de reajuste aos servidores municipais.
    Talvez estas contratações expiliquem a falta de dinheiro…

  2. Zelão, pergunta: – Que diabos é “assessoria de trabalhos externos?”
    Seria o mesmo que: – Fiscal de obras a serem executadas?
    Seria então: – Fiscal de obras futuras?
    Quem sabe então: – Emprego para nada fazer?
    Se o governo do “capitão prefeito”, sem projetos e sem iniciativa, nada faz, o que justificaria então a criação desse “honorável” cargo?
    A não ser, que faça parte do “trenzinho da alegria”, posto nos trilhos, para “adquirir” a tal maioria junto a câmara de vereadores.

  3. Complementando sobre essas contratações, digo que um é irmão do atual futuro presidente da “CÂMARA” e o outro é um aliado dos democratas, cujo encontra-se sem mandato, não devemos nos surpreender com outros cargos que por ventura vanham ser criados para satisfazer interesses do governo do “CAPITÃO”. Enquanto isso os servidores do “TOTE” obtiveram esmagadores 6,9% de aumento, que ironia hein!!!

  4. wenceslau se voce não publicar o documento de juliana burgos, como voce já disse na pimenta,certamente já estará com um parente nomeado na prefeitura.

  5. manoel acelino e luiz sena estão fazendo falta na camara de vereadores, com eles juliana burgos que continua assinando como procurdora geral, ja estava denunciada no tribunal contas e ministerio publico, perguntar não ofende, porque Dr. clodoaldo não cobrou de azevdo o decreto de nomeação ?

  6. Será que o ouvidor vai ouvir a todos, ou vai ouvir os da “própria casta”? Já os outros, quando e se der para ouvir, terão suas queixas arquivadas e depois vem alguém e fala que é “porque você é eleitor de partido excluido…” E o direito, fica aonde?

  7. é 25…é25….é 25, aprendeu rápido esse capitão, e olha que ele é capitão da polícia militar!!!! vixe é por isso que o tráfico de drogas anda solto!!!

  8. Que fique bem claro que a postura tomada pelo Dr Paulo Pontes de Souza, não tem vinculo nenhum com o irmão vereador Roberto de Souza.
    O proprio Roberto de Souza fala em tom bem alto, que o Dr Paulo tem mais de 60 anos e sabe se virar sozinho.
    E Dr Paulo agora anda descendo a madeira no irmão.
    Coisas da politica…..

  9. sao todos canalhas vagabundos
    piuor que moleques de rua
    batedores de carteira dos cofres publicos
    votei no deputado federalna eleiçao passada geraldo simoes???
    votei em sena pra deputado estadual perdeu???
    cade os partidos politicos de itabuna
    estes candidatos so vao aparece proximo a eleiçao
    estou enojado desta bolitica de boa viziança no nosso país.” estou no poder nao mexo com voce , pois quando voce estive no poder nao mexa comigo” troca de favores. quem poderá nos ajudar é demissoes na emasa, no hbelem, milhoes por uma falsa limpesa publica, falta medicos nos postos de saude, brinçao de marcar exames, e o mais nojento e que este povo deixado nas margens por todos os partidos politicos fazem questao de votarem, gostaria tanto de que nimguem fosse votar agora na eleiçao de 2010, porem sei que se eu e poucos nao formos seremos multados, tambem nao voto nulo nem em branço, e nem partido da direita, ja que tenho que votar , ja tenho meu governado e minha deputada estadual o resto vou descidir no decorrer das campanhas

  10. tudo pode ser corrigido a tempo, nesse início de governo
    só não pode é juliana burgos está f…… com o governo e ele continua teimando.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.