Tempo de leitura: < 1 minuto

Representante da Secretaria de Meio Ambiente do Estado fala sobre o Porto Sul (foto Clodoaldo Ribeiro)
Representante da Secretaria de Meio Ambiente do Estado fala sobre o Porto Sul (foto Clodoaldo Ribeiro)

Autoridades do governo baiano participaram hoje, em Ilhéus, de uma discussão sobre os aspectos ambientais relacionados ao projeto do Complexo Porto Sul. Além de Eduardo Mattedi, que representou o secretário Estadual do Meio Ambiete, Juliano Matos, estiveram na reunição a presidente do IMA, Beth Wagner, e Luís Calmon, que representou a secretária da Casa Civil, Eva Maria Chiavon.
Entidades ambientalistas locais e o Conselho de Desfesa do Meio Ambiente do Município também tomaram parte no debate. Outras reuniões desse tipo vão acontecer em breve, abordando diversos aspectos do projeto.

4 respostas

  1. Quem for servidor público estadual que se prepare, façam uma reserva, uma poupança, pois a conversa que rola em Salvador é que a partir de agosto vai haver atraso de salários, a tabela hoje existente será apenas ficção, enquanto isso as autoridades continuam fazendo promessas, inclusive de Porto, Aeroporto, ferrovia e duplicação de Itabuna – Ilhéus, ponte Salvador – Itaparica, demolição da Fonte Nova para construção de outro estádio, apesar da Fonte Nova ser tombada pelo IPHAN, o que proíbe a demolição, dentre outras coisas.
    Por falar em Ilhéus, hoje pela manhã, na Rádio Santa Cruz, num programa muito conhecido, do radialista Gil Gomes, muita gente de Ilhéus, que antes eram favoráveis, mostrou-se contrários aos novos empreendimentos, pois uma área muito grande será impactada, conforme noticiado na própria rádio.
    Vale a pena checar a veracidade das informações que ora estou postando.

  2. E Itabuna hein?
    Tinha algum representante?
    Esse é o governo que elegeram. Depois vão reclamar.
    Itabuna, se tivesse políticos sérios, estaria contemplada com o traçado da ferrovia dentro dos seus limites, mas pelo visto nenhum deles se interessou em lutar pela causa.
    Itabuna. A terra do já teve, já foi, etc.

  3. Já li muita coisa sobre o Projeto Intermodal e estou convicto de que, se realmente implantado com inclusão do aeroporto internacional, Ilhéus e toda a Costa do Cacau serão realmente beneficiadas, não obstante as questões ambientais em discussão. Entretanto, tudo indica que, nesse momento, o que mais interessa ao Governo é a construção da ferrovia e do porto que vai garantir a exportação do minério de ferro, o que é mais interessante para a economia do Estado. Com todo o engodo político a que estamos sujeito, o que nos garante que o aeroporto não vai ficar apenas a ver navios?! Essa é a minha grande dúvida.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.