Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo, desde ontem, estava propenso a não ir à missa pelos 70 anos do ex-prefeito e parceiro Fernando Gomes, às 18h, na Catedral de São José. E não vai.
Hoje, sumiu da cidade. Teria seguido as orientações do seu conselheiro-mor, Gilson Nascimento, secretário de administração, para não aparecer na homenagem. Isso, se FG não o convocar via telefone mesmo.

Uma resposta

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.