Tempo de leitura: 2 minutos

A votação de uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2010 acabou em agressão física na Câmara de Vereadores de Buerarema, na noite desta terça (30). A confusão envolveu os vereadores João Bosco e José Eduardo e o presidente da CDL local, Samuel Chaves dos Santos.

Samuel saiu do plenário da Câmara direto para a delegacia da cidade, onde prestou queixa contra José Eduardo, a quem acusou de agressão física. “Zé Eduardo partiu para cima de mim e me deu um tapa no pescoço”, contou o presidente.

O suposto agressor contesta: “Isso não houve. Ele que me agrediu moralmente, me chamando de safado e vagabundo. Eu bati no ombro dele e disse pra ele falar isso de novo lá embaixo [do lado de fora da Câmara]”.

A confusão toda começou porque o presidente da CDL e comerciantes queriam ver aprovada uma emenda à LDO para garantir verba orçamentária às campanhas promocionais de São João e Natal, promovidas pela entidade lojista. O vereador oposicionista Roque Borges foi o autor da emenda.

A bancada governista foi contra e justificou argumentando que a emenda somente poderia ser incluída na lei orçamentária, não na LDO. A revolta do dirigente da CDL se deu porque o vereador João Bosco, que também é comerciante, foi contrário ao projeto. “Pedi apoio e ele disse que daria. Depois [na hora da votação], retirou”, lamenta.

Com a posição do vereador, Samuel o interpelou: – Bosco, valeu, o comércio lhe espera.

Segundo o presidente da CDL, Bosco teria reagido, chamando-o de analfabeto. “Não ouvi mais nada porque Zé Eduardo partiu para cima de mim”, conta Samuel. Foi quando houve a sessão de tapas. Ou ‘batida’ no ombro, a depender da versão.

Ao final, a emenda foi rejeitada por 5 votos a 3.  Nos bastidores, a versão é de que a iniciativa foi rejeitada porque o seu autor, Roque Borges, é da oposição. “Zé Eduardo me disse que tinha que procurar a bancada [governista]”.

Zé Eduardo é lider do governo e tem fama de não levar desaforo para casa. Ao Pimenta, disse que entendia o “barulho” da oposição e do presidente da CDL. “Querem criar ato político”.

0 resposta

  1. esses vereadores que votarao
    sao tudo mandado por prefeito atual

    que vais o que quer com eles

    sao muito fraco
    a te esse ZE EDUADO ja foi posto para fora da prefeitura ele e um tapete do prefeitor ele e puxa saco E TUDO COME NO MESMO PRATO

  2. Eu acho que isso é uma vergonha, para a comunidade que elege, esses comem de graça, agi de forma incompativel com a função… Não foi pra isso que fomos as urnas votar, para que esses come feira, com a execessão de alguns.

  3. O mau é votar em vereadores semi-analfabetos e ainda tem uns bueraremenses que se dizem que queremve-la melhor é um puxa saco da p…. acho quenao sabe nem fazer um O com um copo. Que vereadores ….vão estudar cambada…e paremde fazer politicagem

  4. É lamentável o ocorrido. Independente de política, o que estava a ser votado não era interesses de polícos de A,B,C…., e sim um projeto que criaria um insentivo possibilitando aumento nas vendas do comércio de Buerarema. Vejo nos comentários acima, questões políticas, que neste momento deveríamos unirmos, já que estamos passando por uma crise mundial. Estou redigindo este comentário, por ser desta cidade, sou funcionário público federal e não dependo de nenhuma renda deste município, mas me preocupo com o desenvolvimento do comércio desta cidade. São comerciantes que considero como heróis, pois, além das altas taxas, impostos e outros, empregam uma grande quantidade de pessoas aqui nascida. O que me surpreende, é a posição de dois vereadores: O Sr. Zé Eduardo e O Sr. Bosco, ambos comerciantes, que poderiam aumentar os seus lucros com um incentivo com prêmios, proviniente deste projeto, mas se deixam levar pelo lado político que é passageiro. Os outros três, não tenho o que comentar, apenas lamento e aguardo nas próximas eleições. Buerarema não merece tudo de ruim que está acontecendo ao mesmo tempo: O município sofre a anos com brigas políticas judiciais, sofre com o problema da demarcação de terras e agora sofre com a irresponsabilidade de alguns que pensam que o cargo do legislativo e executivo é vitalício. BUERAREMA TEVE NESTE ANO, A “SANTA MISSÃO”, QUE DEUS ILUMINE ESTE MINICÍPIO, AFASTE O MAU UE RONDA O DIA A DIA, PORQUE ESTA CIDADE NÃO MERECE ISTO, FALO DE TRÊS “BBB”, TRÊS MARAVILHA CHAMADA: BRASIL, BAHIA E BUERAREMA.

  5. Meus amigos vocês viram?
    O que aconteceu ontem?
    Sinceramente estou totalmente decepcionado com a nossa camara, infelizmente alguns ainda pensam nas eleições passadas e outras totalmente despreparadas para assumirem um cargo de tamanha importancia.
    O que se viu foram ofensas e imoralidades e acima de tudo falta de respeito a comunidade.
    Não vou aqui citar nomes, mas existem vereadores, que, tenha dó, não dá.
    Ontem mesmo, algumas coisas tinha que ser realmente analisadas mas não precisava chegar aquela situação.
    Por isso causou a revolta da comunidade, por que ao invés de brigas constantes, aja uma união, para resolver-mos esta questão tão aterrorizantes que é a questão dos índios, mas infelizmente isso não acontece…
    E pra lhe ser sincero, não teria coragem de convidar um colega de faculdade pra assistir uma seção em minha terra, terra que tanto amo, por que sem sombra de duvidas passaria vergonha, e muita vergonha.
    Fazer o quê?
    Mas continuo acreditando no Vereador Roque Borges, e nunca duvidei de sua honestidade e de sua capacidade e acima de tudo a vontade de realmente mudar Buerarema, nunca pare de lutar meu amigo.
    Essa é sua identdade.
    São sinceras palavras de um estudante magoado.

    Valeu meu amigo.
    Faça sua parte.

  6. É uma vergonha a câmara de Buerarema! Será que o povo nunca vai aprender a votar! Vcs lembram do finado Tarcisio, aquele mesmo que passou varios meses sem pagar o funcionalismo publico! muitos dos vereadores que foram eleitos novamente já eram vereadores naquele tempo! e quem é que aprovava as contas do homem??????quem????adivinha???? pelo amor de Deus meu povo! e a figurinha que assumiu a prefeitura, até o dia 10 e nada de salário, eh povo que come tudo calado, o anterior apesar de ser péssimo administrador, mas pelos menos pagava o funcionalismo em dia!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.