Tempo de leitura: < 1 minuto

O Pimenta já havia previsto que a sessão desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Itabuna, seria boicotada pela bancada da situação. E foi o que ocorreu.

Dos sete integrantes do grupo do prefeito, apenas os vereadores Gerson Nascimento e Rose Castro compareceram ao plenário. Os demais – Milton Gramacho, Milton Cerqueira, Ruy Machado, Didi do INSS e Solon Pinheiro – não deram as caras.

Hoje, seria lida no plenário a proposta do Executivo de convênios com o Desenbahia e o Banco do Brasil. Os situacionistas, porém, condicionavam a presença no plenário ao encaminhamento de um projeto que cria 200 novos cargos comissionados no município.

Como o projeto do trenzinho da alegria não veio, a bancada boicotou a sessão desta quinta-feira.  Três vereadores da oposição também não compareceram.

A leitura da proposta de convênio ficou marcada para a próxima segunda-feira (20), às 14 horas. Claro, se houve quorum…

0 resposta

  1. É incrível, é grosseiro, é estúpido viver numa cidade com o porte de Itabuna e ver representantes legislarem de acordo com os próprios interesses e sob motivações clientelistas. Estou ficando enjoado, cansado, enraivecido com esse fisiologismo. Vereadores, cumpram com os trabalhos para os quais vocês foram designados, honrem os votos que receberam e façam jus ao erário que recebem todos os meses porque o povo não pode ficar a mercê dos interesses particulares de cada um de vocês. Se tem votação, vão votar! E se querem arranjar empregos públicos para amigos e parentes, inscrevam-nos em concursos e torçam para que sejam aprovados. A sociedade grapiúna não merece ser tratada dessa maneira.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.