Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Um grupo de ilheenses terá, nesta quarta-feira (12), em Brasília, audiência com o presidente da Funai, Márcio Augusto Freitas de Meira. O objetivo da reunião é contestar o relátório  que define 47 mil hectares de terras em Ilhéus, Una, Buerarema e São José da Vitória como território tupinambá.

Entre os participantes do encontro com o presidente da Funai, estarão o deputado federal Raimundo Veloso (PMDB) e o representante dos proprietários de terras atingidas pelo relatório da Funai, Luiz Henrique Uaquim, além do vereador ilheense Alcides Kruschewsky.

0 resposta

  1. Em i982, ano que eu presidia o Conselho Consultivo dos Produtores de Cacau do Brasil, assistimos uma grande farsa, que virou verdade e se eternizou. A invasão dos PATAXÓS à Fazenda São Lucas de Jenner Pereira Rocha. Invasão orquestrada pelo então Governador Antonio Carlos Magalhães, como vendita, pelas brigas com o Jenner nas bandas do São Francisco. Acredito piamente que o Governador não
    imaginava o tamanho do “pepino”, que estava plantando na região. Segundo o Professor Josafá Marinho(cidadão, professor, advogado, político de reputação ilibada e conhecimentos incontestáveis) que realizou ampla pesquisa sobre o assunto e afirmara categoricamente; “Nunca existiu PATAXÓS na região de PAU BRASIL”. Indios PATAXÓS situavam-se De Porto Seguro para baixo, notadamente nas regiões dos RIO BURANHÉM. Todos sabem os resultados funestos dessa aventura. Agora como se não bastassem, a VASSOURA DE BRUXA, OS PATAXÓS, A INDIFERENÇA DO GOVERNO PARA A SITUAÇÃO DA REGIÃO, aparecem dos “infernos de dentro”, três sociólogos, antrópologos ou o “diabo que os partam”, querendo simplesmente, 47.00o hectares de terra para INDIOS TUPINAMBÁS. Não preciso dizer mais nada , com a palavra a região.

  2. É sempre bom pudermos contribuir e não nos sentirmos omissos diante dos problemas relacionados à nossa comunidade. |Foi pensando nisso que o Prefeito de Una, Dejair Birschner solicitou junto ao Deputado Federal Fábio Souto esta audiência pública para tratarmos da demarcação das terras indígenas. E assim contribuir para a elucidação deste problema. E assim, o Prefeito indicou para convite o Prefeito de Ilhéus, o vereador Alcides e todos os outros convidados. Além disso foi solicitado que fosse convocados os Deputados da bancada baiana. Assim foi a real ação da audiência. Mas eh sempre bom unirmos forças pra juntos lutarmos a favor da nossa região.

  3. Juntare força é preciso, o povo unido jamis será vencido!
    Mas agregar na mala o deputado Veloso na audiência na Funai e no plenário da Câmara onde Henrique Uaquim vai falar é substimar minha inteligência.Veloso teve todas as oportunidades de contatos em Brasília, para tentar resolver esse impasse e nada fes de concreto, agora que temos uma Associação, ativa e presente Veloso quer ser o pai da criança.Depois da audiência e da decisão do STF, sob a matéria em questão, demarcação das terras, vamos fazer o DNA, para ver quem é o verdadeiro pai da criança.Criança feia não tem pai, tem padastro e ruim!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.