Tempo de leitura: < 1 minuto

As empresas concessionárias de serviços de TV por assinatura não poderão continuar cobrando pelo ponto extra. Uma decisão do juiz Roberto Luchi Demo, da 14ª Vara da Justiça Federal em Brasília, revogou a liminar concedida no ano passado à Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), que permitia a cobrança.

Agora as empresas serão obrigadas a seguir a decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que proíbe a cobrança de mensalidade pelo ponto adicional. As empresas só poderão cobrar por eventos específicos, como a instalação ou o reparo de algum equipamento que apresentar defeito.

0 resposta

  1. Parece uma conquista, no entanto, o que irá ocorrer é o aumento das mensalidades, …!!!

    Aí a justiça, certamente, não contestará, …!!!

    Esse pessoal não perde nem “par ou ímpar”, …, quem viver , verá, …!!!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.