Tempo de leitura: < 1 minuto

Sabe aquela história do cidadão que não consegue emprego porque não tem experiência e se pergunta “mas como vou ter experiência se não me dão emprego”? Pois é, a história tem sido a mesma para quem está com a “ficha suja” no comércio.

Muitas empresas passaram a ir além do currículo do candidato e escarafuncham sua vida pessoal e financeira. Os cadastros de proteção ao crédito se tornaram banco de dados obrigatório dos empregadores. O fato é que os frequentadores das listas do SPC e do Serasa dificilmente conseguem sua vaga no mercado de trabalho.

E aí o cidadão, atônito e humilhado, se pergunta: “mas se eu não conseguir emprego, como vou sair da inadimplência?”.

É nessas horas que o trabalhador percebe como é bem mais fácil a vida dos que têm ficha suja na política…

0 resposta

  1. O tal do “Cadastro positivo” não sai, mas pelo jeito em Itabuna o “Cadastro negativo” tá a todo vapor. Plagiando o Pimenta “É ilegal, mas tá valendo”.

  2. Pimenta, tem gente que está em má situação finaceira por circunstância, mas também tem muita gente que a trambicagem já vem embutida no cromossomo 14, hahahahahahahaha.

  3. A situação desse pessoal parece até o cachorro querendo morder o próprio rabo, …!!!

    É duro viver numa sociedade consumista, com tantos apelos nos meios de comunicação, as vitrines repletas na cara do povo, o crédito cada dia mais acessível e, …, dinheiro para quitar as dívidas, que é bom, …, neca de pitibiribas, …!!!

    Tem que ser muito forte, determinado e disciplinado, para não fazer bobagens, …!!!

    Que dureza, …!!!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.