Tempo de leitura: < 1 minuto
Maria das Graças deve ser destituída do Conselho Municipal de Saúde
Maria das Graças deve ser destituída do Conselho Municipal de Saúde

A situação irregular da presidente do Conselho Municipal de Saúde de Itabuna,  Maria das Graças Souza, chegou a um ponto insustentável e ela está hoje praticamente fadada a renunciar ou a ser denunciada pelo Ministério Público.

O problema, já noticiado por este blog no mês de maio, é que Gracinha – como é conhecida – entrou no CMS como representante da CUT Bahia, o que transgride a lei 1.749/97. A norma prevê que as vagas no Conselho sejam preenchidas por representantes de entidades sediadas e com atuação no município.

Como a CUT Bahia não está sediada em Itabuna, mas sim em Salvador, a situação da presidente é de absoluta ilegalidade, o que foi demonstrado ontem pelo promotor Clodoaldo da Anunciação, em uma conversa com membros do CMS.

A irregularidade também é apontada em um documento que traz a assinatura de oito sindicatos.

0 resposta

  1. ELA É SIM PRESIDENTE DE FATO E DE DIREITO, POIS FOI ELEITO PELA MAIORIA NO PLENÁRIO DO CONSELHO.
    QUEREM TIRAR ELA NO GRITO? ISSO NÃO PODEEEEEEEE.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.