Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner e Márcio Fortes assinam convênio do Água para Todos.
Wagner e Márcio Fortes assinam convênio do Água para Todos.

Há pouco mais de um hora, o governador Jaques Wagner assinou, no Palácio Itamaraty, em Brasília, um convênio de R$ 355,5 milhões em obras do programa Água para Todos, do governo estadual. Este convênio beneficiará, principalmente, as cidades de Feira de Santana, Lauro de Freitas, Barreiras e Teixeira de Freitas.

A solenidade do PAC Saneamento teve as presenças de Wagner, e dos ministros Márcio Fortes (Cidades) e Dilma Roussef (Casa Civil) e do presidente Lula.

Wagner foi abordado pela imprensa sobre a sua defesa polêmica de “royalty zero” para os estados e assumiu a defesa de um fundo social proposto pelo presidente da República, para onde seriam direcionados recursos obtidos a partir da exploração de petróleo da camada pré-sal.

São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, regiões que detêm as maiores reservas do pré-sal, querem 40% dos royalties. Wagner considera legítima a reivindicação dos estados, mas repete que não faz sentido pagar (ou reivindicar, no caso dos estados) royalties de exploração de petróleo feita a 300 quilômetros da costa.

De acordo com ele, o Congresso Nacional deve debater a questão sem dogmatismo e sem foco em questões regionais, e as discussões devem se situar longe da dicotomia governo-oposição.

0 resposta

  1. A metede das verbas fica nos bolsos dos “donos”

    Todos à praça Camacan assinar o manifesto liderado pela Igreja católica para eliminar da política os dinossauros que além de emperrar o crescimento do país, estão se eternizando na política às nossas custas! Muita gente está se omitindo, porque seus caciques estão com os rabos presos…

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.