Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Política Livre

A alegada transferência automática de prefeitos do PP para a base de apoio do governador Jaques Wagner (PT) com o apoio da legenda ao governo parece que não será tão simples. Em entrevista a uma rádio local, ontem, o prefeito de Guanambi, Nilo Coelho (PP), declarou que não há meio de subir em palanque do PT ou do PCdoB, mesmo com a aliança celebrada por sua legenda com o partido do governador. Ex-governador, Nilo, que participa da Feira das Cidades em Guanambi, disse, inclusive, que fez questão de convidar para prestigiar o evento o ex-governador Paulo Souto, virtual candidato do DEM à próxima sucessão estadual.

Comentário do Pimenta: Dentro do PP, uma das soluções para quebrar as resistências de Nilo Coelho seria convite para que ele seja o vice na chapa de Jaques Wagner. Quem aguenta?

0 resposta

  1. Relamente, um palanque com Nilo Coelho vai ficar muito pesado, corre o risco de cair. Tememos acontecer o que aconteceu com Waldir Pires. Segundo alguns comentários Waldir até hoje está arrependido coma entrada de Nilo na sua chapa de vice. Éo resultado da politica brasileira. Um balaio de gato.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.