Tempo de leitura: 2 minutos
.

Antes ameaçada de fechamento por conta da grande redução em sua demanda, a unidade de saúde Valdenor Cordeiro vai mesmo se incorporar à rede de atenção básica de Itabuna. Porém, sob a gestão da Secretaria de Saúde do Estado.

Quem confirmou a informação ao Pimenta foi o titular da 7ª Diretoria Regional de Saúde (Dires), João Marcos de Lima. Segundo ele, houve uma reunião em Salvador, na qual a Sesab se comprometeu a ceder toda a estrutura da unidade de saúde ao município. O secretário municipal, Antônio Vieira, ficou de dar resposta posteriormente, mas não o fez.

“Impressionante é que o Estado se dispõe a entregar uma unidade de saúde completa, com todos os equipamentos, e o município recusa”, afirma João Marcos. Segundo ele, não há mais justificativa para o posto Valdenor Cordeiro funcionar como unidade de referência em dengue. O número de atendimentos, que durante a epidemia chegou a 300 por dia, hoje não passa de 15. Respiradores e 40 poltronas de hidratação estão ociosos.

Atualmente, os serviços na unidade são terceirizados e o contrato de 90 dias já foi renovado uma vez. Os 180 dias serão completados no próximo dia 12 e não haverá nova renovação.

“Como o município não aceitou gerir a unidade, o Estado vai assumi-la e vamos fazer o possível para que não haja solução de continuidade nos atendimentos, mesmo com o fim do contrato com a terceirizada”, salienta o titular da 7ª Dires.

João Marcos diz estranhar que um município que pleiteia recuperar a gestão plena da saúde se mostre incapaz de assumir até mesmo a atenção básica.

0 resposta

  1. construir unidades e entrega-las para o municío manter é muito facíl.
    O gasto de construção é único o de manutenção é diário.
    tanto para o Estado e para União é muito fácil construir módulos de assistência, mas a manutenção pelo município é mais difícil pq os município em quem fica com a menor parte deos recursos e o maior número de encargos, quando a repasses esses não correspondem aos custos de manutenção, precisamos lutar par que os municípios tenham uma maior fátia no repasses dos impostos que são gerado dentro do município.

  2. Pois é, a atual gestão da prefeitura de Itabuna pensa que na cidade só tem eleitor boboca que trocou seu voto por um abraço apertado e a promessa de um saco de cimento e cem blocos!!!!!!

  3. Isso é incrível, e o mais incrível ainda foi o *%$# de um “jornalista” da rádio Jornal, um tal de bicudo, dizer que o centro seria fechado pelo governo de Wagner, enquanto abro o Pimenta e leio isso.

    É João, eu tinha desconfiança, mas agora tenho certeza que você recebe além de seu $alário na rádio. Minha desconfiança começou com tanto puxa-saquismo ao fraco Azevedo.

    Vai se atualizar meu rapaz, se não ficará fadado ao fracasso. 😉

  4. o que a populaçãi de itabuna deve entender é que voto de protesto só acaba nisso,uma administração que gasta mais com a propaganda de uma misera ponte ridicula no monte cristo doque na propria obra, é uma administração em que o secretario de saude pretende entregar (como ele mesmo disse) os profissionais do municipio para uma estatal ao invés de controlar sua folha, isso mostra uma burrice capteniada em nosso municipio, e é um municipio onde o secretario de administração é quem mostra para o prefeito como se escreve a palavra “através“ pois o prefeito escreve intravez.

  5. mais uma vez, o pt mostra ao DEM como uma gestão deve tratar a saúde, tivemos 4 anos de avanços espétaculares na saúde, e logo depois quatro anos de desmando e sumiços de verbas, nao é gesuino, e agora temos o que não merecemos, um seretario sem noção do que é reamente uma saúde bem gerida.

    vamos iniciar uma campanha:

    APRENDE SECRETÁRIO

  6. Para quem se identifica com o pseudônimo de “EU”, eu o SANTANA digo:
    Não concordo com a forma WAGNER nem com o tal “JEITO PT DE GOVERNAR” a nível nacional, mas , convenhamos, a inércia, inoperância, incompetência e outros adjetivos sinônimos com que se pode classificar nosso governo municipal e, em particular, nosso secretário municipal de saúde, não deixa alternativa para se fazer mais, enquanto eles não provarem que estão aptos a administrar verbas para a saúde. A recente história de Itabuna não traz grandes nem boas expectativas a quem tenha o mínimo de bom senso e prudência.

  7. O estado construir e o municipio administrar é facil. È facil o dever do Gestou , basta monstrar o caminho e o dever e a honestidade

    9 milhões desviado da saúde; médicos assinam o ponto com antecedencias.

    Wagner vai construir um mini hospital no Jaçanan em Itabuna

  8. Marcao,voce como principal representante da area de saude do Estado na regiao, deixa muito a desejar,o Hospital de Base numa crise sem fim,agora mesmo esta faltando soro,as enfermarias em estado deploravel,e voce nao faz nada,voce deveria ser o portavoz dos quinhentos funcionarios que la esta,e pedi a Jorge Solla uma intervençao no Hblem,no momento e a unica soluçao,para que o Hblem nao feche as portas.Por que o Estado estadualizou o Hospital Regional em Ilheus,e nao faz o mesmo com o Hospital de Base?

  9. APRENDE SECRETÁRIO…gostei dessa campanha e agora sim, creio que a população de Itabuna esteja feliz em saber que esta Unidade não irá mais fechar e assim provando a cada dia mais o quanto a atual gestão municipal esta sendo um fracasso, cada dia mais precisando da intervenção estatal e tornando-se mais longo o caminho para adquirir de volta uma gestão plena…Realmente a municipalização em Itabuna não esta funcionando, que vergonha!! Aprendamos a escolher nossos governantes. Parabéns Governo do Estado!!

  10. FICO MUITO FELIZ COM A POSTURA DO SECRETÁRIO ESTADUAL DE SAÚDE JORGE SOLLA E A FORMA COM QUE ELE TEM TRATADO A SAÚDE DE ITABUNA:
    *FOI O ESTADO QUEM MANTEVE A UPA VALDENOR CORDEIRO E EVITOU QUE MAIS PESSOAS PERDESSE A VIDA POR CONTA DA DENGUE HEMORRÁGICA;
    *FOI O ESTADO QUEM INCENTIVOU E AJUDOU FINANCEIRAMENTE PARA A REABERTURA DO PRONTO SOCORRO DA SANTA CASA;
    *FOI O ESTADO QUEM INVESTIU NO HOSPITAL DE BASE E VAI INVESTIR MUITO MAIS COM A ABERTURA DA UTI PEDIÁTRICA;
    *FOI O ESTADO QUEM INVESTIU NO ATENDIMENTO PARA DENGUE DO CEMEPI;
    *FOI O ESTADO QUEM TROUXE A FORÇA TAREFA DO EXERCITO PARA ATENDER NO HOSPITAL DE BASE;
    *É O ESTADO QUEM MANTERÁ A UPA ABERTA PARA EVITAR QUE PESSOAS MORRAM NOVAMENTE POR DENGUE;
    É TEM MUITO MAIS, QUEM QUISER SABER BASTA SOLICITAR AO SECRETÁRIO DE ESTADO QUE COM CERTEZA ELE IRÁ INFORMAR, POIS SE O ESTADO VACILAR O MUNICÍPIO VAI QUERER QUE O ESTADO ASSUMA A ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO.
    JORGE SOLLA SABE O QUE SER GESTOR DA SAÚDE, QUANTO Á ANTONIO VIEIRA SÓ CONHECE O DINHEIRO PRIVADO.
    POVO DE ITABUNA FIQUEM TRANQUILOS, POIS EU TENHO CERTEZA QUE O GOVERNO DO ESTADO JAMAIS NOS ABANDONARÁ.

  11. Governo ajuda ao São LUcas…. Governo ajuda a Santa Casa…… Governo combate a dengue….. Governo constroi ambulatorio….
    Tudo mentira eleitoreira. O governo assume o compromisso mas não cumpre! Isso é tipico. São Lucas sem verbas, Santa Casa sem verbas, Dengue continua, ambulatorio deficiente. Saude de faz de conta. O governo quer mesmo é se livrar do ônus da saúde e fazer propanganda enganosa!

  12. Parabéns Marcao,vc ta fazendo uma ótima administraçao na SESAB e administrando bem essa saude largada de Itabuna.
    parabéns!!!e

  13. Cidadã pare de puxa o saco do Governador, acorda mulher me mostre uma obra em Itabuna feita pelo governo do estado? tenho certesa que vc votou nele, e por isto Itabuna tem eleitores dele, mais o culpado disto é o falêcido ACM rsrsrsr.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.