Tempo de leitura: < 1 minuto
O médico Teobaldo Magalhães teve o contrato rescindido
O médico Teobaldo Magalhães teve o contrato rescindido - Foto: Reprodução

O médico Antônio Teobaldo Magalhães Andrade pagou caro por ter desafiado o governo itabunense. Foi ele quem mobilizou sua categoria e defendeu paralisação dos serviços, exigindo reajuste de salários.

Pois o governo usou o poder da caneta contra o médico. Seu contrato com o município, que era por termpo determinado, acaba de vencer e não haverá renovação.

A notícia foi transmitida ao profissional em um ofício, assinado pelo secretário de Administração, Gilson Nascimento, e pelo diretor do Departamento de Recursos Humanos, Osmundo Santos.

Após informar que o contrato do médico com o município venceria no dia 9 de setembro (hoje), o ofício esclarece que “a administração pública municipal, contratante, não possui interesse na prorrogação do mesmo, sendo que os valores devidos, em razão da extinção deste vínculo, lhe serão creditados em conta corrente juntamente com a remuneração devida.

O documento que formalizou a “canetada” fez o maior sucesso hoje, na reunião do Conselho Municipal de Saúde.

Ofício comunica a rescisão do contrato
Ofício comunica a rescisão do contrato

0 resposta

  1. na politicagem da bahia isto era usado por acm ,
    “esta comigo e mesmo que esta com deus
    e nao esta comigo esta foraaaaaaaaaaaaa”
    esta atitude é do tempo da arena que se tranformou no pfl, e hoje e demo kkkkkkkkkkkkk.
    dr o senhor é um profissional, o guerreiro morre lutando pelos seus direitos. a profissao de politico tem seu tempo determinado. eles ESTAO no governo . eles nao SAO o governo.
    E O SENHOR SERÁ SEMPRE O PROFISSIONAL DA SAÚDE, BUSQUE SEMPRE VIVER SUA VOCAÇAO QUE FOI DEUS QUEM LHE DEU, NAO FOSTE ELEITO POR PROMESSAS MENTIROSAS.

    LIBERDADE AINDA QUE TÁRDIA.

  2. Fernando quando assumiu em 2004 tirou o Dr Gentil do CREADH, grnade médico que fez falta naquele centro inaugurado por Geraldo Simões, tendo como secretário de Saúde Dr Edson Dantas. Agora Azevedo exonera umgrande profissional da medicina baianas.

    Fernando x Azevedo amam a saúde do povo de Itabuna

  3. SARRAFO EM ITABUNA:

    Heita cambada do DEMOs! Olhaí o 25 gente. Na próxima sexta-feira essa raça vai vir aqui angariar o voto dos bestas itabunenses que sentem saudades disso.

    Quer um trabalho digno? Não aceite na área pública por essas bandas não.

  4. Volto a repetir, O Prefeito dos Itabunenses é esse aí, segurem a pancada que outras virão, o povo escolheu, talvez, o proprio canetado.

  5. Que bom, pois Itabuna paga tão mal aos serviços prestados ao público. Boa viagem Dr., com certeza trabalho para o Sr. não irá faltar, com melhores salários porque é um Médico, formado, capacitado e sábio. em outros municípios menores irá ganhar um salário mais significativo. Agora, essas pessoas incapazes, que têm um cargo apenas por puxa-saquismo é que devem ficar engolindo sapo nesses governos medíocres de Itabuna.

  6. Quem perde mesmo somos nós, a população carente de profissionais da saúde, de bons médicos porque os bons profissionais estão indo embora daqui. Ficamos nós com essas administrações capengas. Infelizmente!!!

  7. outra questão.. os Postos e Unidades de Saúde da Cidade estão sem médicos… segundo o secretário é porque não tem.. uê??? e eles demitem os q tem?? então fica assim… no final o povo leva o fumo!!!

  8. Carlista??? todos fazem a mesma coisa.
    O que mais se vê no PT de Geraldo é esse tipo de coisa…

    Todos todos todos… Um acidente aéreo urgente com todos os políticos dentro por favor…

  9. O município tem a prerrogativa de renovar ou não renovar contratos, mas se for possível provar que o motivo foi a organização da greve, o médico ganha sua reintegração na justiça. É direito do trabalhador, ain mais reclamar sobre salário.

  10. Caro Pimenta,

    O governo Azevedo e Sgtº. Gilson estão certos, o Dr. Antonio Teobaldo tem que ser rwealmente demitido. Ele não pode pertencer, nem estar fazendo parte de um governo repleto de incompetentes e vaidosos. O incompetente quero me referir ao Gestor – enganador – e, o vaidoso ao miliciano Gilson. Que, também é outro ZERO a esquerda.

  11. Ao The Punisher:

    Cara de que mundo você veio? Acorda pra vida! Não cite o nome de outro nessa sujeira toda, quem deu a Itabuna título de referência na saúde foi Geraldo Simões. Não digo por politicagem não, digo apenas por ter trabalhado em tal época e hoje o que vemos é gente saindo para Conquista, por exemplo, coisa que ocorria ao contrário. Você não sabe de nada, pois a equipe da saúde nessas épocas era ética e profissional, perseguição tamanha como essa não havia.

    lula:

    Ou você se finge de bobo ou realmente é um. Quem não sabe que isso foi uma canetada certeira devido a outros motivos.

  12. Itabuna parece não fazer parte do Estado da Bahia. Mil vezes pior que o serviço de saúde do município é a prestação de serviço oferecida pelo Planserv aqui.Antigamente falava-se que o Grupo carlista só cuidava de Salvador. Esse bandido que aí está prometeu tanta coisa aos servidores públicos do Estado, mas continua apenas dando continuidade a algumas coisas boas já iniciadas e tomando a paternidade e dando continuidade a algumas coisas ruins ( Ex: Planserv nas cidades do interior e salários). Acredito que os comentaristas anteriores ( Teresa, Heraldo, Drux, etc) não pagam um Planserv que só serve em Salvador. O tratamento pelo SUS aqui em Itabuna está bem melhor que pelo Planserv. Esse governadozinho quer mais que os servidores morram!!! Ainda tem a cara de pau de dizer que ”o Planserv mudou para melhor e que conquistou o reconhecimento dos seus parceiros… ( Confiram no site: http://www.saeb.ba.gov.br/voce_servidor/programa_bem_viver/rede_planserv.html ). Claro que conqusitou o parceiros ( reajustou o valor das consultas, ne?). Outra coisa: Reabriram aí o São Lucas só para atendimento pelo SUS, mas sabendo-se da deficiencia que é o Planserv em Itabuna, poderia abrir uma exceção… Ele fala no site que os beneficiários reconhecem a oferta crescente de serviços ( Liga pra umas dessas clínicas e tente marcar uma consulta, a gente fica doente só de tentar rsssssssss). Falei tanto do Planserv que esqueci que meu comentário deveria estar voltada para a rescisão do contrato do médico: kkkkkkkkkkkkk. Vcs são é bobos em defendê-lo, eu o ouvi dizer que estava fazendo isso ( bagunçando=greve) é por que já estava querendo sair mesmo, pois não gosta desse povinho de Itabuna.

  13. Parece que o carlismo fez escola não só no Dem, com tambem no PT. Não esqueçamos o caso da receita, onde houve demissôes sob o manto de pedidos voluntario. Quem já ocupou cargos de confiança sabe o que estou falando. Enfim, é preciso acabar com o sentimento de onipotência dos politicos.

  14. Olha, a maneira como se porta a maioria dos médicos na rede pública não motiva ninguém a devende-los, mas, retaliar trabalhador que exige melhores condições de trabalho é uma prática inaceitável. Todavia, trata-se de um governo de militares. Esperar o quê?

  15. Mr. Anderson, bobo é quem baba ovo.
    Não se trata de estar do lado A ou B e sim reconhecer que neste caso a prefeitura não cometeu irregularidade trabalhista, independente de ser imoral. Infelizmente o contrato dele era por tempo determinado, é a lei.
    Agora, concordo que para Azevedo ficou feio.

  16. Primeiro quero dizer que o Dr. Theobaldo também é militar, colega direto de Azevedo e de Gilson, portanto, nada de perseguição, foi uma demissão legitima, tudo por vencimento de contrato de prestação de serviços por tempo determinado.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.