Tempo de leitura: < 1 minuto

A Comissão de Ética do Conselho Regional de Psicologia (BA/SE) impôs a Antônio José Baracho suspensão das suas atividades profissionais por 30 dias. A decisão foi tomada na última terça, 29, em Salvador, e tornada pública ainda ontem, dia 1º. O psicólogo foi denunciado ao Conselho em 2006 e o processo de investigação foi concluído agora. O ato é assinado pela presidente da comissão de ética do conselho, Maria Célia Vaz Queiroz. A suspensão se deve a infrações ao Código de Ética profissional do psicólogo, denunciado por uma cliente.

0 resposta

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.