Tempo de leitura: < 1 minuto

EXCLUSIVO

Petrobras e governo baiano analisam implantação de termelétrica em Ilhéus.

O governo do Estado e a Petrobras iniciam nesta manhã estudos de área para implantar uma usina termelétrica, provavelmente bicombustível, no município de Ilhéus.
O estudo foi solicitado pelo governo baiano tendo em mente a incapacidade da Coelba de suprir a demanda de energia que será gerada pelos empreendimentos em instalação tanto em Ilhéus como na vizinha Itabuna. São projetados mais de R$ 4 bilhões em investimentos na Costa do Cacau, a exemplo da implantação do Complexo Porto Sul.
Para se ter uma ideia, basta o verão se aproximar que o litoral ilheense fica, por várias horas, no escuro. As principais vítimas são as residentes no balneário de Olivença.

12 respostas

  1. Lógico que eles devem saber o que fazem, mas considerando todas as serras existentes no litoral norte de Ilhéus e o regime de ventos naquela área, não seria interessante que fosse estudada a possibilidade da geração de energia eólica?
    Fica aqui a pergunta e a sugestão.
    Carlos da Silva Mascarenhas

  2. Ilheenses, tenham cuidados, o combustivel utilizado nessas Terméletricas, é de baixa qualidade, no Municipio de Sapeaçu apos movimentos da sociedade organizada o IMA proibiu a instalação de usina, face ao elevado nivel de poluição.

  3. esta e mais uma obra de epoca de eleicao(porto sul,aeroporto,ferrovia,duplicacao da BR415) sera que este povo pensa que o povo e besta e serve de massa de manobra a vida inteira?

  4. Realmente temos que dar atenção ao Sr. José Alberto, e nos preocupar com o que eles querem queimar aqui para gerar energia. Participei de um evento em maio na UFRB, organizada pela FEAB, e fizemos um ato público na cidade de Sapeaçú contra a Termelétrica que pretendia queimar óleo pesado para gerar energia. Temos que acompanhar de perto.
    Att.,
    Matheus Bessa

  5. Carlos,
    A energia eólica seria a ideal, mas sua geração ainda é muito cara. O preço do Kw ainda é muito alto quando comparado com a hidrelétrica e a termelétrica. Outra alternativa seria a energia produzida pelo vai-e-vém das ondas do mar, mas é um projeto com estudos ainda muito recentes em países europeus.
    lula1,
    Não creio que Itabuna foi esquecida. Em primeiro lugar porque também será beneficiária da termelétrica. Em segundo lugar pelo que vou dizer abaixo, respondendo ao amigo José Alberto.
    José Alberto,
    Tenho quase certeza de que o combustível a ser utilizado na termelétrica virá de Itabuna: o gás natural.
    Abraços.

  6. Itabuna foi preterida devidoa cidade nao ter agua suficiente para este empreendimento. Aqui vai uma pergunta. Ate quando a populacao vai aguentar uma empresa com a EMASA? Esta empresa nao consegue universalizar o servico e oferece uma vazao bastante insuficiente para Itabuna fazendo como que o racionamento seja uma constante. Sem contar com as perdas que estao muito acima de empresas do mesmo porte. Nao seria hora da populacao exigir a privatizacao da empresa deixando esta sentimento atrasado que servico de agua deva ser prestado por empresa publica, Vereadrs tem medo de tocar nesta assunto mas o que se ve e uma empresa ineficiente , que nao paga as faturas da Coelba , que tem presidente e diretores demais , gasta na burrocarcia o que deveria gastar em tubos ..

  7. Privatizar a EMASA pra que? Pra ficar ineficiente igual a Coelba?
    Tem que devolver para a EMBASA, que tem mais recurso. A Prefeitura não larga o osso e fica usando a empresa para por os comissionados.
    Eu vou mais longe ainda, acho que o LIXO deveria ser coletado por uma empresa municipal. Certamente, diminuiria a boquinha do lixo.. Compra-se os equipamentos e faz a coleta e disposição do lixo da cidade, que por sinal, esta demorando muito para fazer o seu Aterro Sanitário.

  8. O combustivel a ser utilizado na Termeletrica será o Gás Natural vindo de Itabuna, pra que ficar falando tanta besteira.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.