Tempo de leitura: < 1 minuto
Esse modelo é meio suspeito, mas intimida

O vereador Roberto de Souza (PR) não compareceu à posse de Ruy Machado na presidência da Câmara de Itabuna, nesta segunda-feira, 3, mas nem por isso escapou das piadinhas do plenário. Muita gente lembrou que, numa longa experiência de três mandatos no legislativo, foram bem poucas as ocasiões em que Roberto não ocupou cargo relevante na mesa diretora.

Há pelo menos três presidências, o vereador vinha exercendo a cobiçada função de primeiro-secretário, que é uma espécie de gerente da casa, por quem tudo passa. O cargo agora será ocupado pelo vereador Edvaldo Reis Fonseca, o “Didi do INSS”.

Roberto, a partir de hoje, muda de uma sala ampla e bem equipada para outra menor, igual à dos vereadores chamados na gíria da Câmara de “canelas secas” (traduza por “sem privilégios”).

Na sessão de ontem, um gaiato falava que compraria um par de caneleiras par dar de presente ao vereador do PR.

0 resposta

  1. A CAMARA TODA É DE DÁ NÔJO.NÃO TEM NENHUM VEREADOR QUE PRESTE.SE PRESTASSE ALGUM DELES SE INDGNARIAM E SE MANIFESTARIAM,DURANTE OS 2 ANOS DE COMPLETA BAGUNÇA E DESMANDO.NÃO VI EM MOMENTO ALGUM,QUALQUER UM DESSES VEREADORES SE MANISFESTAR SOBRE A SITUAÇÃO DA CAMARA.POBRE DE ITABUNA,QUE FICOU E VAI FICAR ORFÃ,DURANTE MAIS 2 ANOS.EM 2012 NÓS POVÃO DAREMOS A RESPOSTA NAS URNAS E ESTIRPAREMOS DE VEZ ESSA CORJA DE MALFEITORES DA PREFEITURA E DA CAMARA DE VEREADORES…….QUEM VIVER VERÁ….

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *