Tempo de leitura: < 1 minuto

 

O ambientalista Ruy Rocha (ao fundo, de camisa branca), do Floresta Viva, passa pela rodovia sem se incomodar com as pilhas de lixo

Curiosa e atípica essa espécie de ambientalista que tem brotado em Ilhéus. Na Quarta-Feira de Cinzas, um punhado deles caminhava na BA-001, protestando contra o Complexo Intermodal Porto Sul e a empresa Bahia Mineração. No trajeto de sua caminhada, os “ambientalis contraditorium” passavam por pilhas de lixo deixadas na beira da estrada (ver nota abaixo).

A sujeira não compromete somente a paisagem, mas também os mangues que existem na região. Mas não parece comover certos defensores da natureza, que também não se mobilizam contra a explosão imobiliária desordenada na região nem com as toneladas de esgoto sem tratamento despejadas na Bacia do Rio Almada.

O problema dessa turma é com o complexo. Mas isso talvez seja uma questão freudiana.

0 resposta

  1. Prezados,

    com todo o respeito, venho dizer que a presente matéria não faz justiça a cena. Seria correto pensar que o ambientalista deveria carregar o lixo “nas costas”? Ou que ele deveria fazer greve de fome para chamar a atenção das autoridades para um problema “sazonal”? Peço mais ponderação nas colocações que estão sendo publicadas aqui. Forte abraço e bom trabalho a todos da equipe do Pimenta.

  2. A caminhada feita por Socorro Mendonça, Ruy Rocha e Marcos mendes, foi para fazer ‘bunito’ pra Guilherme Leal da Natura.

    O patrãozinho estva descansando na sua casa de praia, e os empregadinhos tinham que fazer alguma coisa, pra mostrar serviço.

  3. Querer “demonizar” as pessoas por terem opiniões contrárias às suas e uma prática ditatorial. Cadê os argumentos? Eu mesmo, ainda não tenho opinião sobre o projeto do Porto Sul, e acho que deve ter um estudo mais profundo. Acho que talvez a região ganharia mais se investisse no turismo do que nisso. Mas estou avaliando e buscando informações a respeito. Essa nota, foi de péssimo gosto e não condiz com o nível do pimenta. Se quiserem manter leitores de qualidade, devem manter o nível. E um veículo de comunicação não deveria fazer juízo de valor. Um abraço. Espero que publiquem.

  4. Faz justiça sim Sr Pimenta, o problema desse povo é com o complexo mesmo, deveriam fazer passeatas contra a sujeirada nos manguem, mas isso não interessa ninguém…Concordo com Silvinha, patrãozinho descansa e empregadinhos badernam..ops..trabalham!!!!

  5. Acredito que cabe as autoridades locais e a população em geral essa questão do lixo, que acontece também no litoral sul e nas praias do centro. Vergonha para a cidade.

  6. ilheus tem quase 500 anos e nunca desenvolveu a industria do turismo.. Agora com a possibilidade de chegada de um complexo desta envergadura que voltam a falar sobre turismo..

    se em 500 anos não foi desenvolvido nada será hoje que vão desenvolver?

    Ilhéus tem um litoral e tanto..muito mais belo do que em outras cidades, mas muitos empresários tem uma visão arcaica e trata mal o turista.

    o que se vê são praias abandonadas, um carnaval medíocre e uma prefeitura desorganizada..

    O Porto sul tem mto mais a contribuir do que um resort pertencente a suecos ou italianos que visam apenas aos turistas estrangeiros..que nem na cidade aparece pra comprar uma caixa de fósforo.

  7. se o porto sul + aeroporto forem montados com um plano de desenvolvimento, a área do entorno vai continuar sendo MATA…

    longe da cidade, e ilhéus não vai conseguir ocupar toda essa área do entorno.

    vai ser melhor ter um porto com fiscalização do ibama em cima do que um monte de casas com moradores de veraneio que sujam com lixo e esgoto.. ja que aquela região é esquecida por ser considerada “terra itabunese” e nunca vai ver esgoto tratado e coleta correta de lixo..

    PORTO NELES!!

  8. Cadê a imparcialidade desse blog? Não é de se esperar outro posicionamento desse veículo!!

    Defender a construção de um complexo, que terá em média 40 anos de vida útil, sem geração de empregos qualificados, que vai encher os cofres do coreanos, seguindo um modelo de “desenvolvimento” já visto na história do Brasil-exportação de produtos primários a custos baixíssimos e a sua importação com valor agregado.
    Será que é inteligente colocar em jogo um cenário lindo como o da lagoa encantada e o litoral de Ilhéus, a custas de 40 anos de nada? Não sei, só sei que explorar o turismo, investindo em qualificação e educação ambiental, seria bem mais rentável!!!

    Da Redação: Anderson, nenhum veículo é imparcial, pois exigir isto é ir de encontro ao que nos faz humanos. Acredito que há, de sua parte, uma confusão entre imparcialidade e pluralismo.

  9. UMA REGIÃO COM MILHARES DE DESEMPREGADOS,SEM NENHUMA PERSPECTIVA,QUANDO SURGE UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL,APARECE “AMBIENTALISTAS” CONTRA O PORTO SUL,ATÉ PAULÃO QUE “TRABALHA” NA PREFEITURA DE ITABUNA ESTAVA NO MEIO DESSA PASSEATA,UM CARA QUE NÃO MORA AQUI EM ILHÉUS SÓ VEM NOS FERIADOS,TOME VERGONHA PAULÃO VÁ TRABALHAR,VÁ CUIDAR DE SUA VIDA…

  10. será que ele é ambientalista mesmo, ou se faz de?
    isso aí é só pra ingles ver.
    de ambientalismo , ele entende o que jumento entende de orta.

  11. Cabe sim os argumentos do Pimenta,
    os ditos ambientalista não observam o descaso dos turistas, moradores e principalmente poder público. Não fazem campanhas de educação ambiental no verão, não cobram da prefeitura a retirada do lixo e inúmeros outros graves problemas…
    Existem muitas maneiras de combater a degradação ambiental, porém nem todas dão $$$ – ambientalista eles são, porém não em sua ideologia e sim em sua economia.
    Parabéns pimenta…talvez assim eles possam ter o verdadeiro olhar para educação ambiental. Precisamos de verdadeiros ambientalistas para que possamos discutir a melhor forma de receber o Porto Sul.

  12. Sempre questionei essa turma por nunca ter medido o nível de poluição das praias de Ilhéus, pouco se ouve falar sobre projetos de preservação da fauna/flora, impacto do Teotônio Vilela no manguezal, entre outros aspectos relevantes.

    Por outro lado, pode existir Usina Nuclear em Angra dos Reis,Suape em Pernambuco, Represas na Amazônia… mas em Ilhéus, só pode haver MASTURBAÇÃO MENTAL DE DOUTORES QUE NÃO MATERIALIZAM NA PRÁTICA O QUE ESTUDAM NA ACADEMIA EM PROL DA POPULAÇÃO!

    Acordem!

  13. Essas mesmas pessoas que dizem estarem preocupados com o meio ambiente, não se preocupam com os benefícios que o porto sul poderá proporcionar aos menos favorecidos.Eles, os “preocupados”, com o meio ambiente pela metade,logo, se vê pela lixarada pelas vias, que não tem problemas sócio-economico e que cada um que se dane.

  14. Pimenta…no dos outros é refresco!
    Quer dizer que a sujeira de ilhéus é responsabilidde dessa turma?
    Que professor Rui deveria parar e carregar o lixo?
    Vamos dar a responsabilidade a quem de direito. Esse problema de lixo é do poder publico e nao de ambientalistas ou do povo que é contrário ao projeto do PÓ DE FERRO DA BAMIN.
    Em nome do desenvolviemento do PÓ DE FERRO, as favelas já começam a aumentar em nosso litoral norte, será que A turma tambem é responsavel por isso?
    Se num simples feriado a sujeira é generalizada em ilhéus inteira, imaginem se esse PÓ DE FERRO vier.

    A prova de ser contra é o mais sensato está exatamente nessa foto.
    Se o poder publico nao tem capacidade,vontade e honestidade para resolver os problemas ,sociais e ambientais existentes com a populacao atual, imgainem ela dobrando de tamanho como prevê o projeto do PÓ DE ferro da bamin?
    Sem falar que policiamento nao existe, transporte nao existe, coleta de lixo nao existe, escolas e postos de saude tambem não…. e ainda querem trazer mais problemas….
    PARABENS AO IBAMA, fora a bmain
    Sim ao turismo.
    Por favor, vamos buscar material mais adequado ao nivel deste blog, essa foi de doer o juiso…rsrsrss

  15. É engraçado como colocam a culpa nos ambientalistas. Essa questão do lixo nas ruas é como o colega acima falou, será que eles deveriam carregar o lixo nas costas? isso é obrigação da prefeitura. E esta cena é vista no centro de Ilhéus e Itabuna a todo instante.
    Outra coisa é culpar os moradores. Todo lixo dos condominios é recolhido pelos moradores e colocados na beira da pista, já que a prefeitura não entra nas ruas para recolher, justificando assim esta cena

  16. NA REPORTAGEM NÃO VI NENHUM AMBIENTALISTA, MAS SIM PESSOAS INTERESSADAS EM DEFENDER O SEU PATRIMÔNIO PESSOAL, PARA CURTIR EM FINAIS DE SEMANA E FERIADÕES.
    POIS FIQUEM SABENDO QUE NENHUM BEM PRIVADO PODE SE SOBRE POR AO INTERESSE COLETIVO.
    É POR ESTAS ATITUDES QUE ESTA REGIÃO SEMPRE VIVEU RENEGADA AO ATRASO.
    QUANDO FAZENDEIROS DIZIMARAM DE SUAS FAZENDAS, POR INTERESSES ECONÔMICOS, O PAU BRASIL, JACARANDÁ, MASSARANDUBA, VINHÁTICO, E TANTAS OUTRAS MADEIRAS NOBRES, NUNCA SE OUVIU NENHUM MANIFESTO CONTRA TAL DEVASTAÇÃO, POR PARTE DESTES PSEUDOS “AMBIENTALISTA”. MAS AGORA VIROU MODA SER VERDE.

  17. O comentário desse tal Pedro é igualzinho ao discurso cansado de Socorro Mendonça.
    Pó de Ferro, Bamin, turismo. É muita coincidência.

  18. eu acho é pouco..

    o porto com a retro area de armazenagem e a zona de processamento para exportação é justamente pra isso.. não vender apenas produtos primários..

    a Votorantim quer instalar uma pelotizadora na região..deve-se avaliar onde é melhor, em Caetité ou Ilhéus..

  19. Vejam o impacto positivo do porto não so para Ilheus, mas para as pessoas de jequié, caetité, brumado, barreiras, luiz eduardo, etc..

    por onde o trem passar levando seus produtos vai gerar riqueza e desenvolvimento.. isso tem que ser aliado com uma retro área, uma ZPE e um porto…

    este porto vai tanto exportar quanto receber insumos para estas localidades que não tem apoio logístico algum..

    PORTO NELES!!!

  20. eu queria q a petrobras achasse Gás natural como acharam em Camamú..ou Petróleo como estão desconfiando que tenha na bacia do Mucurí (canavieiras)..

    ai q vc vai ver uma explosão de desenvolvimento para o Sul da Bahia

  21. Sobre estes ambientalistas de araque infiltrados e disfarçados de socialistas dentro do Pt e Pc do B,deveriam tomar atitudes adequadas quando a Ceplac, orgão do Ministério da Agricultura, na tentativa de querer maquiar a sua sede na Br 415, derrubou uma touceira inteira de bambuzais,pura e simplismentepara passar uma cerca ao redor. só vi uma unica repulsa pela a desastrosa atitude ,mesmo assim de poucas linhas no a Região.
    Estes idiotas por muito menos embargam obras ,dizendo que estão defendendo a natureza,ou defendendo o seu proprio bolso.

  22. Precisamos enxergar que estas questoes do Porto Sul e Cia vao muito alem de interesses pessoais e da população, faz parte de um jogo politico praticamente imutavel.
    Já com relação aos ambientalistas realmente muitos deles fazem vista grossa ao que realmente deveriam enxergar, mas nao cabe só aos ambientalistas se “moverem” com relação aos problemas ambientais, alem do que, sozinhos não conseguem nada. Nossa população é muito acomodada, nao faz sua parte e nem cobra dos politicos a parte que lhes cabe.

  23. Todo empreendimento de tamanho similar ao do Porto Sul necessariamente gera impactos ambientais. Acho engraçado ver os (pseudo)ambientalistas defenderem que o complexo seja erguido em outro lugar, esquecendo-se que lá haverá os mesmos problemas previstos aqui. Se fôssemos parar de investir na infraestrutura de uma região só por causa disso, teríamos de abrir mão tb de aeroportos, portos navais e fluviais, rodovias, usinas hidrelétricas, etc. A solução não é impedir, mas incentivar o progresso econômico do sul baiano, sempre buscando maneiras de reduzir ao máximo os impactos ambientais.

  24. Acompanho o Pimenta diariamente. Com todo respeito a admiração que tenho pelo blog, não entendi o motivo da crítica. Conheço Ruy Rocha, sei que é um homem de boa fé. Por outro lado sou favorável sim ao Porto Sul. Daí, focar nesta imagem e dar tanta ênfase é um tanto quanto dispensável, não? Com tanta coisa acontecendo na região!!! Querem uma opinião para publicação?
    1. Cadê a sinalização do trecho ATACADÃO E MAKRO? 2. Os ônibus da ROTA transporte continuam circulando entre Itabuna e Salobrinho super lotados. 3. Por qual motivo a sede da TOR na rod. Ilhéus-Itabuna virou estacionamento de viaturas e apenas dois homens ficam naquele local? Cadê o efetivo que não vemos mais? 4. As obras no Salobrinho, depois de muita espera finalmente começaram. Vamos cobrir? Quero continuar acompanhando este blog com a mesma admiração e respeito.

  25. Caros redatores do pimenta, entendemos seu ponto de vista e o seu posicionamento em favor da implantação do complexo porto sul em ilhéus, porém,baixar o nível a esse ponto,que “sujeira”.Que venha o complexo porto sul.a região precisa desses recursos,mas não é preciso subjugar a inteligência do leitor.

  26. Parabéns sr. Pimenta

    As criticas acima que não gostou foram os filhos de Socorro e a própria com pseudos nomes para aminizar.
    A verdade tem que ser dita: O Ato promovido por Ruy,Socorro e Marcos Mendes do Psol foi simplesmente para agradar o patrão Guilherme Leal que iria passar exatamente naquela hora e Ruy precisava mostrar serviço se não a verba para de pingar. Coincidencia que só a tv Bahia foi convidada para fazer a filmagem do jogo de cena de Socorro mendonça. Quanto ao lixo é o resultado dos mesmos que estão na passeata que só aparecem nos feriados, a exemplo da Jussara e Gilson Nascimento,Paulão e outros mais , todos de Itabuna , invasores das terras de bBarramares.

  27. Quanta estupideis… êta povo que num sabi nada. que vergonha e ainda fica cupando os outtro. Coitado do homem. Fica esse povo de pt tudo lambe bota querendo que wagner veja o que escreveu e o povo da bramin. bando de irresponsaveu depois que chegarao no poder ficarao pior que eles dizia de ACM. Eu queria ACM vivo pra pisar nesse povinho de pt, cambada de lambe bota. <leva esse porto pro inferno. E voceis porque num carregam o lixo de ilheus, num tao no governo. Garapa e poco. nojentos, podes. e sua casa que vai ser derrubada é?

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.