Tempo de leitura: < 1 minuto

As obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) são alvo de novo embargo, determinado após contatação de irregularidades pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
De acordo com a Folha.com, o TCU verificou problemas nos quatro lotes da ferrovia, no trecho que liga Barreiras a Ilhéus, na Bahia. Essa parte da Fiol está orçada em R$ 2 bilhões e, apesar da execução estar apenas no início, já foi identificado um prejuízo de R$ 21 milhões.
O ministro Weder de Oliveira, relator do processo, afirma que os projetos básicos da ferrovia estão desatualizados e, por conta disso, em um dos lotes metade do traçado sofrerá alteração.
A Valec informou que tomará as medidas cabíveis, assim que for notificada oficialmente da decisão do TCU.

0 resposta

  1. Esta é mais uma das obras iniciadas pelo governo Lula que está carimbada como “obra para roubo do dinheiro publico”.
    Quem imagina esta obra concluida esqueça. A região viu varias vezes Lula e Wagner prometerem obra com a duplicação da estrada, do acesso de Ibicarai da Barragem do Rio Cachoeira, do novo Aeroporto de Ilheus, da duplicação da Ponte do Pontal , sim agora prometeram a nova Universidade Federal. Quem quiser ver como funciona a Universidade criada no ano passado em Garanhuns na terra do ex presidente pode imaginar como vai funcionar aqui na Bahia.
    Bobo do povo que acredita no PT.

  2. A Dilma vai ter que dar um murro na mesa.
    Está claramente instalado em Brasília um campeonato pra ver quem ROUBA MAIS!
    Interessante é que se trata de um campeonato com um único time: o time de Lula.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.