Tempo de leitura: < 1 minuto

Panorâmica da área escolhida para a implantação do Porto Sul (Foto José Nazal).

Entrevista concedida pelo superintendente do Ibama na Bahia, Célio Costa Pinto, à Tribuna da Bahia deixa claro que o órgão ambiental federal dá como certa a liberação da licença ambiental do Porto Sul em Ilhéus.
Célio avaliou como altamente positiva a audiência para discutir o projeto, realizada em Ilhéus no ano passado. O Ibama aguarda resposta do governo baiano a questionamentos técnicos surgidos a partir dos estudos e do relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima). “Dependemos destes pontos para criar um programa específico para melhorar o controle ambiental na área do empreendimento”.
O governo baiano prometeu entregar as respostas aos questionamentos dentro do prazo estabelecido pelo Ibama. Além de redução da área do projeto, também foi escolhida nova localização para o porto.
“As ações para minimizar os impactos são muitas e encontram-se devidamente listadas no Estudo de Impacto do Meio Ambiente e no Relatório de Impacto do Meio Ambiente apresentados”, informa o coordenador de Políticas Públicas de Infraestrutura do Governo da Bahia, Eracy Lafuente.

0 resposta

  1. ALGUÉM TINHA DÚVIDAS? CLARO QUE ESSE IBAMA IA LIBERAR. SE FOSSE UMA OBRA DE UM CIDADÃO COMUM ELES EMBARGARIAM COM CERTEZA. ESSE PORTO VAI ALTERAR MUITA COISA: NA TERRA, MAR E NAS NOSSAS VIDAS COMO CIDADÃOS,POIS A NOSSA PAZ VAI ACABAR.

  2. Só podia ser mesmo um papa-jaca invejoso!!! Quando o capitao da nau desgovernada abrir uma praia aí, voces brigam para nao fazer um porto de de jangadas em Itabuna…rsrs!!!

  3. Buerarema tem azar mesmo,grande parte dos proprietários atingidos pelo porto sul são macuquenses,tanto é,que já houve várias reuniões aquí em Buerarema com representantes da Bamin.
    Em uma das reuniões um funcionário ficou surpreso,pensou até que a cidade de Buerarema fosse bem maior diante de tantas pessoas atingindas pela futura desapropriação Porto Sul.Além disto,tem outra coisa,conheço família que tem casa no “porto Sul” e fazenda aqui em Buerarema ameaçada de serem invadidas por “Ìndios”.Isso que é azar!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.