Tempo de leitura: < 1 minuto

Os professores da rede municipal de ensino de Barra do Rocha decidiram “cruzar os braços”. A determinação foi tomada durante assembléia na segunda-feira (27).
A presidente da APLB-Regional, Dilma Miranda, disse que as atividades do ano letivo não serão iniciadas até que o prefeito Jônatas Ventura cumpra com os acordos judiciais firmados com a categoria.
A sindicalista contou que “além dos salários atrasados, as escolas da rede municipal não têm nenhuma condição de funcionar de imediato. Inclusive, os sanitários da maioria das unidades de ensino se encontram desativados por longo tempo”.
Leia mais n´O Trombone

0 resposta

  1. o povo de barra do rocha pede ajudar da mídia da região pois o povo esta sofrendo e passando fome salarios atrasado e peseguições por parte do prefeito o povoo pede ajudaaa
    A segurança e o professor

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.