Tempo de leitura: 2 minutos

Coronel disse que não fala com a sociedade civil

O coronel Souza Neto, da Corregedoria da PM e responsável pelo Inquérito Policial Militar que apura a conduta de membros da corporação durante a greve ocorrida no mês passado, recusou-se hoje a receber representantes da sociedade civil de Itabuna, no 15º Batalhão da PM.
Souza Neto veio a Itabuna para ouvir os seis soldados que estão presos no batalhão local. Para lá acorreram representantes da OAB, como o presidente Andirlei Nascimento e o conselheiro Davi Pedreira (Direitos Humanos), além da imprensa, católicos, pastores e sindicalistas. Entre estes, Jairo Araújo, da diretoria do Sindicato dos Comerciários.
Ao saber que o grupo queria falar com ele, Souza Neto foi logo dizendo que não conversava com sociedade civil e faria somente a “gentileza” de receber o presidente da OAB. Pedreira solicitou que o coronel falasse isso para que todos ouvissem e ele repetiu em alto e bom som, deixando todos estarrecidos com sua postura.
“Estávamos lá para dizer que não concordamos com as prisões dos policiais, porque durante a greve não houve envolvimento deles em atos de vandalismo”, declarou Davi Pedreira. Para ele, “a greve pode ter sua legalidade questionada, porém foi necessária e justa”.
Jairo Araújo, também barrado, disse ter se espantado com a arrogância do coronel. “A postura dele faria morrer de inveja os piores generais da ditadura militar”, declarou o sindicalista.
Representantes da comissão que esteve no 15º BPM dizem ter recebido informações de que Souza Neto costuma dar gritos e murros na mesa durante as audiências com os policiais. “Os PMs estão sendo tratados como bandidos e isso é lamentável”, reclamou Pedreira.

0 resposta

  1. Vamos relembrar que é Sou Neto. Foi ele quem agrediu uma manifestante em uma grave dos bancarios na cinquentenario de Itabuna. Foi ele o cordenador da Operação que jogou os cavalos em cima do povo no 7 de setembro.

  2. Esse aí é o Poliocial que nos queremos!honesto com ” H ” Maiusculo, firme, de moral ilibada , trabalhador, independente moral e financeira, bom pai de familia, e contar atitude marginais que aconteceram nos dias da greve! Policial honesto tem que ser prestigiado, bem remunerado e respeitado ! osw nao honestos “a lei” !!!!!!Ta faltando esse coronel para ficar e administrar o batalhao daqui!Avante Cel.Souza Neto.

  3. Esse Souza Neto é o q vive comentando no Pimenta? Se for, realmente sempre suspeitei de um discurso pretensamente progressista mas que não perdia uma oportunidade para atacar o Partido Comunista, suas lideranças e seus militantes. Não será surpresa. Esse desprezo à sociedade civil já está virando regra em alguns setores do Governo do Estado.

  4. Não acredito que ainda nos dias de hoje vemos posturas como essa, onde a arrogância de um homem que ocupa um posto público e representa uma instituição também pública se nega a dialogar com a sociedade, se ele faz isso com representantes de sindicatos como serão tratados os policiais que estão na situação de presos?
    Esta conduta também deve ser a orientação dada aos policiais subalternos em formação e que prestam serviço a toda sociedade que ele se recusou a receber.
    Precisamos urgentemente repensar a Policia que temos e a Policia que queremos.

  5. Quem ja teve a infelicidade de trabalhar com esse Tenente Coronel sabe como ele, é um arrogante, estupido, trata os praças como se fossem a escoria da PM, ele é um péssimo oficial, péssimo administrador por isso não está comandando um batalhão, como se diz na PM foi colocado no corredor, se forem apurar as suas administrações nas unidades que trabalhou vão achar suas falcatruas que todos sabem, é um cara que não tem a minima moral de estar na frente desse IPM, pede pra sair seu fanfarrão.

  6. Estava no 15ºBPM e realmente o coronel foi muito arrogante com os sindicalistas.Mas verdade seja dita, ele recebeu os representantes da OAB e três pastores no seu gabinete, apesar de me parecer nao ser muito dado a ouvir as pessoas.

  7. ESSE sOUZA nETO NÃO É AQUELE QUE É DA PANELA DO CABEÇITA DE PITU? DA FAMILIA SIMÃO?, ENTÃO BEM PREGADO,ESSE É O MODO PesTista de governar,É ESSE POVINHO QUE NADA FEZ E NADA FAZ PELA BAHIA,PRINCIPALMENTE POR ITABUNA,VAMOS PRA FRENTE MEU POVO.De relação ao jairo do “sinicato” do comerciários,tá querendo aparecer pois é “canidato” pelo PC do BeBe,o mesmo partido que é da “base” do governo Jacques Wagner ou Jonhy Walker,estão jairo vai cuidar dos seus comerciários e para de tentar se aparecer…….

  8. Neste “bizu” tem muita gente querendo aparecer. Por exemplo, o que Jairo Araújo queria neste encontro? Acho que neste ambiente caberiam apenas os representantes jurídicos, familiares dos envolvidos e, autoridades religiosas, com representatividade, nada de abelhudos!

  9. todos aqui em itabuna e regiao ja conhecemos o tratamento deste militar com as pessoas, coitado desses policias ele vai querer prejudicar para mostrar serviço ao governador vamos pedir a Deus por eles.

  10. Grande Hércules….Belo exemplar da Ditadura…Não se encontra preparado para lidar com situações de conflito com a sociedade…Acha que a Sociedade Civil Organizada Itabunense está submissa ao Poder Representado pela arrogâncioa, prepotência, destemor etc…
    Lamentável, a PM não precisa de você!
    Vá para a reserva!

  11. Olha, eu sou pastor e sequer fui informado desse movimento pro’ policiais.
    Sei, tao somente, q/ nas corporacoes EXISTEM LEIS INTERNAS, que nao cabe a mim, questionar. Ex. Tiro de guerra; Colegio Militar, etc… Acho q/ os eleitores de Itabuna, nao devem questionar os militares. Quem escolheu Azevedo? E os secretarios dele, nao sao militares? Nao querem q/ o Coronel Stna. substitua o Capitao?
    Moral da historia: ITABUNA AINDA E` UMA CIDADE DE CORONEIS!

  12. Muitos vão à televisão dizer que militar fazer greve não é constitucional. Penso eu que essa mesma constituição, em seu art. 5º, traz como clausula pétrea o direito a vida, a dignidade da pessoa humana, a liberdade de expressão etc. Pergunta-se então, que dignidade é essa? Como pode uma pessoa que ganha 1500 reais para arriscar a vida (protegida constitucionalmente) em garantia da segurança da população ter dignidade? Pior que isso é saber que um deputado ganha em torno de 26000 reais! Cadê o direito de igualdade tão explanado em nossa constituição, cadê a democracia? Não podemos criticar um movimento levando em consideração as atitudes de alguns poucos que fazem parte dele e muito menos julgar sem fundamento esses poucos. Como um partido que tem em sua história a luta pela democracia, que tem como Presidenta um mulher que lutou e foi torturada pelo direito de liberdade manda prender um policial apenas porque ele estava articulando. Articular não pode ser crime, e se assim for considerado, que prenda também nossa Presidenta. (vixe, acho que até eu posso ser presa agora! Mas não podemos nos calar). Estou muito triste, triste com as pessoas que EU ajudei a colocar no poder, decepcionada com o governador que votei por duas vezes e por isso deixo aqui minha solidariedade aos policias e meu desejo de que tenham seus salários reajustados e ainda que esse reajuste não seja um migalha para calar a boca do povo e brincar o carnaval. Ainda desejo, que os professores se inspirem e requiram reajustes também, afinal, o que seria de nós sem a educação, como um país quer passar a ser “de primeiro mundo” sem valorizar essa profissão que é a base de tudo. Chega de reajustar os solários dos deputados, senadores, ministros e presidente e vice-presidente da República em 61,8% e não querer dar reajuste a quem realmente merece. CHEGA DE PÃO E CIRCO!

  13. Muito engraçado os sindicalistas, são braços do petismo e passam a ideia que não concordam com o PT, sinceramente, depois que receberam mais verbas do Imposto Sindical estão mais preocupados onde investir tanto dinheiro.
    Tudo não passa de um grande teatro para manter a “base”

  14. este coronel ja veio estruido de salvador para que isto aconteça agora esta na hora dos sindicatos e de todos que foram barrados darem a resposta,lutando para q ele venha a pedir desculpas a todos perante jornais ou ate mesmo retornando aqui em itabuna ,,,,,

  15. Souza Neto é uma vergonha para Itabuna. Truculento, é a melhor qualificação que consegui achar no meu dicionário pra ele.Fique por lá pela capital. Itabuna não te reconhece como nada.

  16. É realmente caça as “bruxas”, e eu que pensei que não fosse assistir isso na BAHIA, depois que ACM morreu, ledo engano…
    Agora é tirar e botar outro para ver como fica.

  17. -O MAJOR ESTÁ CERTISSIMO, POIS O ASSUNTO É RESTRITO AO ÂMBITO MILITAR E CABE A JUSTIÇA MILITAR MEDIANTE PROVAS JULGAR SE OS POLICIAIS SÃO CULPADOS OU NÃO. A PRINCIPIO ELES JÁ COMETERAM CRIME DE MOTIM AO ENCABEÇAREM ESTA GREVE, ELES FORAM PASSIVOS NA AÇÃO CORPORAL AO ESTAREM NA PORTA DO QUARTEL, MAS FORAM ATIVOS INTELECTUALMENTE AO ARTICULAR VIA CELULAR AS AÇÕES TERRORISTAS DISSIMINADA NA CIDADE.
    -SERÁ QUE OS SRS, PALADINOS DA JUSTIÇA CONSENTIRIA QUE O COMANDO DA POLICIA MILITAR FOSSE PALPITAR EM JULGAMENTO DE MEMBROS DAS SUAS INSTITUIÇÕES? COM CERTEZA QUE NÂO. PORTANTO QUE FIQUE CADA UM NO SEU QUADRADO, E SE QUEREM APARECER NA MÍDIA,PENDUREM UMA MELANCIA NO PESCOÇO E DESFILEM PELA CINQUENTENÁRIO.

  18. kkkkkkkkkkk, um palhaço vestido de coronel, por isso ,nao ficou no comando de itapetinga em 2009 e nem no comando de serrinha em 2010, alem de diversas denuncias sobre desvio de verbas nestas duas cidades.

  19. Veja só como são as coisas nessa Bahia,se o policial é preso dentro de uma boca de fumo não é posto para fora,se é acusado de ter colocado uma mãe de santo sentada num formigueiro,també nada lhe acontece,mas quando reivindica direitos!!Ahhhh,prende-se,faz tortura psicológica e os tratam como se fossem bandidos!!Vejam que esse coronel,nem ao menos foi educado,segundo somente recebeu o Dr ANDIRLEI porque é da OAB.DITADURA DE WAGNER!!Sai um cabeça branca entra outro na Bahia!!!FORA PT!!!

  20. Parabenizo aqueles que tiveram a coragem que não se acovardarem diante de uma situação tão delicada. Parabéns a Jairo Araujo e aos sindicatos. Enquanto ao coronel, só temos a lamentar.

  21. O Souza Neto nada mais é do que um Oficial extremamente frustrado!
    Sempre teve grandes aspirações por “comandar”. Desde que era Capitão aqui em Itabuna, queria mandar mais que o comandante do Batalhão. Todos percebiam isso menos ele. Por isso quando na época Santana assumiu, disse tanto pra Souza Neto como pra Faustino (a dupla infame): “procurem um lugar pra ir, senão eu mesmo mando”! Saíram cabisbaixos e viram seus planos/sonhos descerem pelo ralo, tanto que nenhum dos dois jamais comandou Itabuna!
    Quando Souza Neto “comandou” a operação que prendeu Marconi, trouxe preso de brinde no fundo da viatura, um agente da Civil. Isso o colocou em maus lençóis, pois os telefones da PM foram bombardeados com telefonemas ameaçadores, que até hoje ninguém sabe de onde vieram. Estranhamente, pouco tempo depois, o carro de Souza Neto, o velho e bom “Del Rei”, cor bege, da famosa placa 1500, foi furtado em frente a Loja Maçônica do Centro, sem deixar vestígios até o dia de hoje! Claro, qualquer ligação entre um caso e outro, será mera especulação! Uma coisa é certa, com todos esses “acontecimentos” ele, Souza Neto, teve que baixar um pouco a bola!
    Truculento e arrogante do jeito que é, não será recebida como surpresa a informação de que, nesse IPM, os Oficiais do 15º BPM estejam recebendo “pressão” para deporem contra os policiais presos. Vamos esperar, pois, acaba vazando mesmo!
    Por fim, o frustrado Souza Neto vê seus sonhos escorrerem pelos dedos. Velho, com tempo de serviço mais que suficiente para pedir a reserva, sofre agora o mais novo golpe; ao observar a recente lista dos futuros “Coronéis Fechados”, não conseguiu enxergar o seu nome!
    Alguém precisa dizer a Souza neto pra tirar a farda e vestir a pijama, pois, já passou da hora!

  22. CIDADÃO VC NÃO ASSISTI TV SE ASSISTISSE VERIA QUE O GOVERNADOR O CHEFE SUPREMO DA POLICIA MILITAR PROMETEU EM REDE DE TELEVISÃO, QUE NÃO IRIA PUNIR NENHUM POLICIAL QUE PARTICIPOU DO MOVIMENTO GREVISTA DE MODO PACÍFICO, E É ISSO QUE SE ESTAR SENDO COBRADO DO GOVERNADOR, SE NÃO SE PODE ACREDITAR NO GOVERNADOR ENTÃO TA TUDO ACABADO NO BRASIL.

  23. Coronel Souza Neto,estamos com vc,muitos candidatos a vereador querendo ponga….Quem faz concurso p PM sabe que tem leis,regras e normas a serem seguidas,faz concurso quem quer ,ninguem é obrigado.

  24. Parabéns Coronel. Manda essa gente procurar o que fazer. A cidade tá toda arrebentada.A saúde tá uma miséria. O hospital de base pareçe um açougue. A corrupção na câmara faz vergonha. O prefeito deitado em berço esplendido. E esse pessoal enchendo o saco da poliçia. A poliçia por acaso se mete na OAB,Pastoral carcerária,Igrejas etc?.

  25. o comentarista cidadao está certo. Se estiver uma reuniao do sindicato do bancarios para dircutir salarios da classe. O que tem a ver o sindicato dos motorista participar.
    Uma pergunta para os itabunense. No Brasil há um Estado onde o servidor quando se aposenta o salario aumenta.
    Qual estado é e qual classe de servidor?

  26. David Pedreiras
    Policiais militares de Itabuna passaram pelo centro coemrcial com viatura dizendo” feche as portas que o arrastão ve aí”
    ISSO É CERTO DOUTOR.
    POLICIAIS PODE OCUPAR QUARTEL?
    POLICIAIS PODE IMPEDIR OS COLEGAS QUE QUEREM TRABALHAR?
    AQUI EM ITABUNA ELES FIZERAM ISSO
    Para David Pedreira
    CÓDIGO PENAL MILITAR
    PARTE GERAL
    LIVRO ÚNICO
    TÍTULO I
    DA APLICAÇÃO DA LEI PENAL MILITAR
    Princípio de legalidade
    Art. 1º Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal.
    Art. 149. Reunirem-se militares ou assemelhados:
    I – agindo contra a ordem recebida de superior, ou negando-se a cumpri-la;
    II – recusando obediência a superior, quando estejam agindo sem ordem ou praticando violência;
    III – assentindo em recusa conjunta de obediência, ou em resistência ou violência, em comum, contra superior;
    IV – ocupando quartel, fortaleza, arsenal, fábrica ou estabelecimento militar, ou dependência de qualquer dêles, hangar, aeródromo ou aeronave, navio ou viatura militar, ou utilizando-se de qualquer daqueles locais ou meios de transporte, para ação militar, ou prática de violência, em desobediência a ordem superior ou em detrimento da ordem ou da disciplina militar:
    Pena – reclusão, de quatro a oito anos, com aumento de um têrço para os cabeças.
    Revolta
    Parágrafo único. Se os agentes estavam armados:
    Pena – reclusão, de oito a vinte anos, com aumento de um têrço para os cabeças.
    Organização de grupo para a prática de violência
    Art. 150. Reunirem-se dois ou mais militares ou assemelhados, com armamento ou material bélico, de propriedade militar, praticando violência à pessoa ou à coisa pública ou particular em lugar sujeito ou não à administração militar:
    Pena – reclusão, de quatro a oito anos.
    Omissão de lealdade militar
    Art. 151. Deixar o militar ou assemelhado de levar ao conhecimento do superior o motim ou revolta de cuja preparação teve notícia, ou, estando presente ao ato criminoso, não usar de todos os meios ao seu alcance para impedi-lo:
    Pena – reclusão, de três a cinco anos.
    Conspiração
    Art. 152. Concertarem-se militares ou assemelhados para a prática do crime previsto no artigo 149:
    Pena – reclusão, de três a cinco anos.
    Isenção de pena
    Parágrafo único. É isento de pena aquêle que, antes da execução do crime e quando era ainda possível evitar-lhe as conseqüências, denuncia o ajuste de que participou.
    Cumulação de penas
    Art. 153. As penas dos arts. 149 e 150 são aplicáveis sem prejuízo das correspondentes à violência.
    CAPÍTULO II
    DA ALICIAÇÃO E DO INCITAMENTO
    Aliciação para motim ou revolta
    Art. 154. Aliciar militar ou assemelhado para a prática de qualquer dos crimes previstos no capítulo anterior:
    Pena – reclusão, de dois a quatro anos.
    Incitamento
    Art. 155. Incitar à desobediência, à indisciplina ou à prática de crime militar:
    Pena – reclusão, de dois a quatro anos.
    Parágrafo único. Na mesma pena incorre quem introduz, afixa ou distribui, em lugar sujeito à administração militar, impressos, manuscritos ou material mimeografado, fotocopiado ou gravado, em que se contenha incitamento à prática dos atos previstos no artigo.
    Apologia de fato criminoso ou do seu autor
    Art. 156. Fazer apologia de fato que a lei militar considera crime, ou do autor do mesmo, em lugar sujeito à administração militar:
    Pena – detenção, de seis meses a um ano.
    CAPÍTULO III
    DA VIOLÊNCIA CONTRA SUPERIOR OU
    MILITAR DE SERVIÇO
    Violência contra superior
    Art. 157. Praticar violência contra superior:
    Pena – detenção, de três meses a dois anos.
    Formas qualificadas
    § 1º Se o superior é comandante da unidade a que pertence o agente, ou oficial general:
    Pena – reclusão, de três a nove anos.
    § 2º Se a violência é praticada com arma, a pena é aumentada de um têrço.
    § 3º Se da violência resulta lesão corporal, aplica-se, além da pena da violência, a do crime contra a pessoa.
    § 4º Se da violência resulta morte:
    Pena – reclusão, de doze a trinta anos.
    § 5º A pena é aumentada da sexta parte, se o crime ocorre em serviço.
    Violência contra militar de serviço
    Art. 158. Praticar violência contra oficial de dia, de serviço, ou de quarto, ou contra sentinela, vigia ou plantão:
    Pena – reclusão, de três a oito anos.
    Formas qualificadas
    § 1º Se a violência é praticada com arma, a pena é aumentada de um têrço.
    § 2º Se da violência resulta lesão corporal, aplica-se, além da pena da violência, a do crime contra a pessoa.
    § 3º Se da violência resulta morte:
    Pena – reclusão, de doze a trinta anos.
    Ausência de dôlo no resultado
    Art. 159. Quando da violência resulta morte ou lesão corporal e as circunstâncias evidenciam que o agente não quis o resultado nem assumiu o risco de produzi-lo, a pena do crime contra a pessoa é diminuída de metade.

  27. Alguém precisa lembrar a esse milico que ele é funcionário público e que somos nós, a sociedade civil, quem contribui com impostos que são revertidos em pagamento de salários para sujeitos despreparados como ele. E que temos o direito de opinar sim e ser ouvidos. Arrogante. Com seus alamares ridículos.
    Pouco importa anós, civis, a vossa hierarquia, senhor “corregedor”. O que queremos são ações efetivas de respeitos aos direitos humanos, e uma polícia mais cidadã, preventiva e que respeito a sociedade civil.

  28. GOSTARIA QUE ESTA MESMA COMITIVA SE UNISSEM NESTE MESMO TOM PARA PEDIRMOS REVISÃO NO AUMENTO E NA INEFICIÊNCIA DOS VEREADORES DE ITABUNA . POIS COM A OMISSÃO E A CONIVÊNCIA DOS VEREADORES DIANTE DO DESGOVERNO DE AZEVEDO MUITAS CRIANÇAS E PAIS DE FAMILIA TEM MORRIDO E OS COMPANHEIROS VÃO BRIGAR POR POUCAS PESSOAS QUE ESTÃO SENDO INVESTIGADAS E QUE SE NADA FOR PROVADO PODERÁ DEPOIS RECORRER A JUSTIÇA DANOS MORAIS. A SOCIEDADE ESTA ABANDONADA .M ESTA COMISSÃO PODERIA LANÇAR PARA O BRASIL UM ABAIXO ASSINADO PEDINDO REVISÃO NOS AUMENTO DOS SALÁRIOS DO POLÍTICOS EM GERAL , PREFEITOS COMO O DE ITABUNA 18 MIL BRUTO , DEPUTADOS FEDERAIS + OU – 26 MIL , SENADORES, MINISTROS FORA AS REGALIAS .

  29. O antidoto para esse tipo de prepotência e arrogância é o também Cel. PM Batista que foi exonerado do cargo por ter uma conduta ilibada e cobrar seus direito desrespeitados pelo comandante Ivo ( Lembra da história da casa de praia?), Coronel Batista é uma figura impoluta que tentou remar contra a maré dos ditadores da PM.

  30. CORONEL SOUZA NETO
    SOBRE SUA AUTORIDADE OU QUALQUER OUTRA AUTORIDADE MÃOS DE CONSTITUÍDA NA TERRA, ESTÁ A AUTORIDADE DE JESUS CRISTO.
    ENTREGO O SENHOR E TODAS AS AUTORIDADES CONSTITUÍDAS AQUI NO BRASIL NAS MÃOS DO SOBERANO DE ISRAEL, O DEUS DE ABRAÃO DE ISAAC E JACÓ.

  31. vamos corrigir o nome desse velha “autoridade ” que hoje serve aos interesses do ” MERCADOR WAGNER ” o nome é ” CORONEL MOR DA INQUISIÇÃO “

  32. Vai trabalhar Jairo, que obrigação tem Souza Neto em receber um chupa-sangue dos Comerciários. Quer fazer politicagem á custa da greve da PM?

  33. na era carlista esse coronel ficou estacionado nos corredores sem função por muito tempo por ser ditador e não polemico mais sim problematico e descontrolado.Não foi simpatico a ninguem, nem com outro oficial que ele dividia uma sala no escritorio de advocacia.Tudo bem Souza Neto, o que aqui se faz aqui se paga!!!!

  34. E kd essa corregedoria que não chegou até aqui em Camacan? É discriminação ou é porque tinha oficial no meio? E tem essa esse aumento o qual os policiais reinvindicaram, ouço a todo momento que o governador tirou R$40,00 da GAP e colocou no soldo, entendo eu que não houve aumento, Quanto ao coronel Souza Neto, tomei conhecimento que ele foi o comandante da guarda de Itabuna na época de Geraldo Sifrões$$$$$$$$…

  35. A LEI DA FICHA LIMPA , SÓ FOI PARA O SENADO E TEVE SUA APROVAÇÃO GRAÇAS A SOCIEDADE ORGANIZADA COMO OAB, SINDICATOS , IGREJAS CATÓLICAS E PROTESTANTES , PROFESSORES , ALUNOS , PAIS, MÃES E FILHOS . ASSINANDO NO MOVIMENTO A FAVOR DA LEI DA FICHA SUJA. HOJE TEMOS APROVADO , AINDA CAPENGANDO , NOSSOS NETOS VIVERAM EM UM PAÍS COM LEI DE FICHA LIMPA EM AÇÃO.
    ACHO QUE OS 6 POLICIAIS, MERECEM SIM O APOIO DA SOCIEDADE, POREM SABEMOS QUE ELES TEM ADVOGADOS E QUE ELES ESTÃO SENDO INVESTIGADOS EM UM PROCESSO E QUASE NAO FOR PROVADO NADA CONTRA ELES O ESTADO PONDERA PAGAR DANOS MORAIS A CADA UM DELES.
    AGORA PERGUNTO POR QUE ESTE GRUPO DE BONS HOMENS ,NAO SE REÚNEM ASSIM E FOMENTAR NO MEIO POLÍTICO A REFORMA SERIA DA CONSTITUIÇÃO , TENTARA ACABAR COM ESTA CONSTITUIÇÃO ULTRAPASSADA ONDE FOI FEITO COM O LEMA “FEITA PELOS POLÍTICOS PARA OS POLÍTICOS

  36. Esse não é o oficial comandante da cavalaria naquele nefasto 07 de setmbro,onde vários pais de famílias foram trucidados a mando de Fernando Gomes e o Carlismo??

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.